Vanderlei Luxemburgo explica ausência de Benítez contra o Bragantino

O técnico Vanderlei Luxemburgo justificou a ausência de Martín Benítez na derrota do Vasco da Gama para o RB Bragantino.

Altair Alves
Por Altair Alves
-  21 de janeiro de 2021 às 01:09-  Atualizada em 21 de janeiro de 2021 às 01:17
Martín Benítez deve iniciar partida contra o Atlético-MG (Foto: André Durão)

Goleado por 4×1 na noite desta quarta-feira (20) pelo RB Bragantino, o Vasco da Gama teve pouca inspiração no setor de meio de campo e acabou produzindo muito pouco na parte ofensiva. Na coletiva após a partida o técnico Vanderlei Luxemburgo justificou a ausência de Martín Benítez, o principal articulador do Cruzmaltino.

O treinador voltou a usar a dupla Carlinhos e Vinicius, na segunda etapa do jogo contra o Bragantino. Os dois sequer tinham sido relacionados na derrota para o Coritiba, em São Januário.

Luxemburgo adiantou que Benítez foi poupado porque tem a intenção de utilizar o jogador como titular contra o Atlético-MG, no próximo sábado (23). O atleta ficou no Rio de Janeiro aprimorando o condicionamento físico.

– Jogamos em casa contra o Coritiba, era um jogo de confronto direto. Ele mesmo mal preparado, a minha ideia era usá-lo 20 minutos. Com a expulsão do Henrique, usei ele meio tempo. Houve desgaste. Analisando o contexto, esse jogo aqui seria difícil com ou sem Benítez. Ele ficou no Rio para se preparar para entrar em condição melhor contra o Atlético-MG. Havia o risco de uma lesão aqui. Preferi, conversei e ele entendeu. Achou o melhor também. O campeonato não termina hoje. Benítez está guardado e temos oito jogos para decidir a nossa permanência na série A – disse o técnico.

Flertando mais uma vez com a zona de rebaixamento, o Gigante da Colina tem uma parada duríssima na próxima rodada, a 31ª da competição. No sábado (23), às 21h o time recebe o Atlético-MG, 3º colocado até o final dos jogos desta quarta-feira (20) .