Luxemburgo elogia postura de Cano ao permitir que Pikachu cobrasse pênalti

Vanderlei Luxemburgo destacou o comportamento de Germán Cano ao deixar Yago Pikachu cobrar o pênalti que decretou a vitória do Vasco da Gama.

Avatar
Por Altair Alves
-  11 de janeiro de 2021 às 00:23-  Atualizada em 11 de janeiro de 2021 às 00:26
Yago Pikachu em campo contra o Botafogo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Autor do gol de pênalti que selou a vitória do Vasco da Gama por 3×0 contra o Botafogo, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o lateral Yago Pikachu, não marcava um golzinho sequer com a camisa do Gigante desde dezembro de 2019.

Com a penalidade marcada nos acréscimos, ele botou a bola de baixo do braço disposto a dar um fim a incômodo jejum. E o lateral-direito, que chegou ao 100º gol na carreira, teve a benção do artilheiro da equipe na temporada, o argentino Germán Cano, batedor oficial do time.

Em entrevista depois do jogo, o técnico Vanderlei Luxemburgo enalteceu o comportamento do goleador Cruzmaltino, que poderia ter marcado seu 12º gol no Brasileiro.

– Cano sofreu o pênalti (na verdade quem sofreu foi Pikachu) e cedeu ao Pikachu porque tinha um ano que Pikachu não botava a bola para dentro. Achei legal o Cano que é o nosso artilheiro, entender e dar para o Pikachu ganhar no emocional.

Com a conquista de mais 3 pontos na competição, o Gigante da Colina se afastou um pouco mais do Z4 do Brasileiro, agora, o Vasco ocupa a 15ª colocação com 32 pontos em 28 partidas. No próximo sábado (16), o Time de São Januário recebe o Coritiba, às 21h, pela 30ª rodada.