Lucão terá novo desafio contra a Caldense e tenta provar que merece ser titular

O goleiro Lucão será o titular do Vasco da Gama na partida desta quinta-feira contra a Caldense, pela Copado Brasil.

Lucão, goleiro do Vasco
Lucão, goleiro do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Lucão passou por dias difíceis naquele começo de dezembro. O choro ainda na saída do gramado foi sintomático do quanto a falha na partida contra o Defensa Y Justicia, pela Sul-Americana, pesou para o jovem de 20 anos. O primeiro afago que recebeu foi de Fernando Miguel, reserva naquela partida. O segundo, de Carlos Germano, então preparador de goleiros. O acolhimento realmente marcou o garoto e a gratidão aos dois, dizem os mais próximos, será eterna.

Outro apoio importante foi da mãe, dona Vanda, de quem Lucão chorava de saudade quando deixou Barra Mansa, no interior do Rio, ainda menino, para tentar a sorte como jogador de futebol na capital. A vida tem sido de desafios para o goleiro, que nesta quinta-feira tem novo encontro com uma partida de mata-mata. No Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, encara a Caldense às 17h30 com a responsabilidade de ajudar o cruz-maltino a se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil.

Será a quarta partida seguida como titular, a primeia importante como era aquela da falha que terminou em gol dos argentinos. O jovem assumiu o lugar de Fernando Miguel, que foi para o Atlético-GO. Carlos Germano, que também o abraçou no momento difícil, igualmente deixou o clube. Ficou Lucão diante de nova prova de fogo. O mata-mata em partida única não dá brecha para erros. Ao menos o Vasco terá a vantagem do empate.

A equipe jogará em busca da classificação e de uma atuação de mais brilho depois do começo pouco animador no Carioca. Foram duas derrotas e um empate, com quatro gols sofridos. Lucão não sai chamuscado da sequência negativa, tampouco teve um desempenho que arranque elogios entusiasmados.

Seria providencial para Lucão elevar o nível. Com a confirmação da saída de Fernando Miguel, a diretoria vascaína acelerou a ida ao mercado atrás de um goleiro que possa ser uma alternativa com mais experiência para o setor. A contratação é uma prioridade.

Lucão é a esperança mais recente do Vasco de voltar a revelar um goleiro que consiga assumir a titularidade do time profissional. O último foi Hélton, há 21 anos. Faz tanto tempo que o garoto não era nem nascido. Quando começou a ganhar premiações por títulos com a seleção brasileira de base, a primeira coisa que fez foi comprar um terreno para construir uma casa para a família em Volta Redonda. Quando se despediu para tentar a sorte no Rio, eram sete pessoas numa casa de um quarto.

A saudade era tanta que os representantes do goleiro bancavam a ida de dona Vanda todo fim de semana para visitar o filho e acalmar seu coração. Lucão é descrito como um sujeito simples. Comprou o primeiro carro este ano e até então muitas vezes ia de ônibus da Tijuca, onde mora, para o CT do Vasco na Cidade de Deus. Em 2019, perdeu o pai, que perdeu a vista em decorrência da diabetes em 2016, muito antes que pudesse ver o filho enfrentar a Caldense. E, quem sabe, ajudar a recolocar o Vasco na Primeira Divisão.

Fonte: Extra Online

Leia mais sobreLucão
4 comentários
  • Inácio+Aurélio - 18 de março de 2021

    Campelo Miranda.

    Responder
  • Inácio+Aurélio - 18 de março de 2021

    Campelo Miranda.
    Werley.

    Responder
  • Raimundo Gonçalves Nina Neto - 18 de março de 2021

    É só valorizar o Lucao, quem sabe ele possa vir a ser um grande goleiro, exemplo o Vasco tem, só p/ citar: Acassio, Carlos Germano e o Helton.

    Responder
  • Marden José Góes - 18 de março de 2021

    A profissão de goleiro é muito ingrata, mas eu confio muito neste garoto, ele ainda dará muitas alegrias a nossa torcida. Tem tudo de um bom goleiro, e o que temos de fazer é apoiá.lo sempre. Cobrar dele é importante, porém não podemos crucificá.lo por alguns erros. Qual o goleiro do mundo que encerrou carreira sem cometer um grande erro e levar um belo franco. É isso aí, Marden José Góes

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
20 de setembro de 2021
Globo divulga nota se desculpando por erro em Vasco x Cruzeiro

TV Globo não informou que segundo gol do Vasco da Gama havia sido anulado e informou o placar final da partida errado.

19 de setembro de 2021
Falha de comunicação fez Fernando Diniz substituir Nenê por engano contra o Cruzeiro

Um equívoco fez com que o meia Nenê fosse substituído por engano no empate do Vasco da Gama diante do Cruzeiro.

Fernando Diniz comemora retorno da torcida a São Januário: ‘Ajudou demais’

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz comemorou o retorno do público ao Estádio de São Januário neste domingo.

Diniz mostra incômodo com mais um gol sofrido pelo Vasco nos acréscimos

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz não escondeu sua frustração com empate diante do Cruzeiro e detonou a arbitragem.

Fernando Diniz critica arbitragem e lamenta empate contra o Cruzeiro

Treinador do Vasco da Gama, Fernando Diniz, critica a arbitragem e lamenta mais um empate do time na competição.

1º vascaíno a entrar em São Januário neste domingo celebra retorno: ‘Não tem igual’

O primeiro torcedor do Vasco da Gama a entrar em São Januário neste domingo, comemorou o retorno do público aos estádios.

Risível! Vasco divulga balanço do chamado ‘Evento Teste em Vasco x Cruzeiro’

Diretoria do Vasco da Gama divulgou o ‘Balanço evento-teste Vasco x Cruzeiro’, numa atitude cômica de exaltação do erro.

Torcedores reclamam e Vasco justifica escolha de laboratório para exames de Covid

Torcedores do Vasco da Gama se queixaram do valor salgado cobrado no ingresso e no teste de Covid-19, exigido para o duelo com o Cruzeiro.

São Januário recebeu 309 torcedores contra o Cruzeiro; veja a renda

Com volta da torcida para o jogo do Vasco da Gama contra Cruzeiro, São Januário recebeu 309 torcedores e uma renda de R$ 34.625.

Diretoria do Vasco passa vergonha com ingressos a R$ 250; não vendeu a metade

A diretoria do Vasco da Gama passou vergonha ao disponibilizar mil ingressos para o jogo contra o Cruzeiro e não vender a metade.

Veja mais notícias