Justiça penhora 30% de cotas que Vasco tem a receber da Globo por dívida com empresa de segurança

A empresa de segurança moveu a ação contra o Vasco da Gama após a rescisão unilateral de contrato sem o pagamento da multa prevista.

Alexandre Campello, presidente do Vasco, durante entrevista coletiva
Alexandre Campello, presidente do Vasco, durante entrevista coletiva (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Sempre dividido entre dívidas e espera pela entrada de recursos, o Vasco da Gama não recebeu uma boa notícia. Mais precisamente, o Clube teve uma derrota na Justiça que impactará diretamente suas finanças.

O motivo disso é uma ação movida pela empresa Alfaseg Vigilância e Segurança LTDA, após a rescisão de contrato unilateral com o Vasco. A 20ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), de forma unânime, penhorou os direitos de televisão a serem recebidos pelo Clube da Rede Globo.

A empresa em questão foi contratada pelo Vasco para prestar serviços de segurança em partidas de futebol e basquete realizadas nas dependências de São Januário. No entanto, a diretoria resolveu romper o contrato, o que aconteceu sem o pagamento da indenização prevista.

Insatisfeitos com a situação, a empresa ajuizou a ação para penhorar os valores que o Vasco ganharia de direitos de televisão aberta, por assinatura e pay-per-view. A informação foi publicada inicialmente pelo blog Lei em Campo, do site UOL Esporte, que ainda mostrou um trecho da decisão assinada pela desembargadora Marilia de Castro Neves Vieira, destacando a legitimidade da penhora.

A penhora de renda é de dinheiro e, assim, prevalece frente a qualquer outra na gradação legal, na forma do artigo 835 do CPC, isto sem se falar na praticidade e liquidez da receita em relação a outros bens, que têm de ser avaliados, sujeitando-se, conforme sua natureza, a leilão ou praça e o mais conexo, importando, sem dúvida, em sérias dificuldades na execução.

A desembargadora, no entanto, permitiu que apenas 30% das cotas televisivas sejam penhoradas, justificando que foi para que não ‘se torne inviável o exercício da atividade’. Os valores totais pedidos pela empresa não constam no documento que o blog teve acesso.

Na decisão, ela ainda determinou que a Rede Globo será responsável pelo depósito em juízo, assim como os juros à medida que forem vencendo para que ‘evite-se que o próprio executado receba a importância penhorada, frustrando a satisfação do crédito exequendo’.

O Vasco poderá recorrer no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O Lei em Campo ainda publicou a análise do advogado Theotônio Chermont, especialista em direito trabalhista, que concordou com a penhora, mas criticou a justificativa da desembargadora por ser apenas 30% das cotas televisivas.

– A penhora incidente sobre espécie (rendas, faturamento, valores a receber de terceiros, dentro outros) é absolutamente legal. E mais. É prioritária sobre qualquer outro tipo de penhora que o executado pretende fazer valer, nos termos do CPC/15. Entendo que a decisão que limitou a penhora em 30% do valor da execução é benevolente demais com o devedor, pois gera demora na execução e premia quem não cumpre com suas obrigações. O que se entende por inviável? Esse argumento é utilizado por todos os clubes devedores, mas é imperioso que os magistrados tenham cuidado de analisar se há prova inconteste e cabal de tais alegações a fim de evitarem prejudicar os credores. É comum muitos clubes obterem esse tipo de redução percentual de penhoras e, paralelamente, celebrarem negócios como se estivessem com dinheiro sobrando, o que leva a crer que pagar dívidas não é prioridade.

O advogado Filipe Souza, especialista em direito esportivo, também comentou:

– Esse é um processo normal e corriqueiro de execução de um contrato em que o credor possui um valor a receber e, quando o devedor não paga voluntariamente, se inicia a fase de constrição de valores, bens, tudo que possa expressar uma quantia. Nesse caso a empresa optou pelo bloqueio do dinheiro das cotas televisivas para quitar essa dívida.

A quantia de direitos de transmissão é essencial para o Vasco, ainda mais nesses tempos de pandemia, quando a entrada de receitas reduziu de forma drástica. Com parte desse dinheiro penhorado, o Gigante terá dificuldades para colocar a casa em ordem, principalmente em relação aos salários.

Leia mais sobreRede Globo
1 comentário
  • markin - 24 de setembro de 2020

    Pago o que deve golpista fdp

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
4 de agosto de 2021
Edmundo mostra confiança na classificação do Vasco contra o São Paulo

Ídolo do Vasco da Gama, Edmundo se mostra confiante na classificação do Clube às quartas de finais da Copa do Brasil.

Vasco receberá R$ 3,45 milhões caso avance na Copa do Brasil

Caso se classifique para as quartas de final da Copa do Brasil, o Vasco da Gama receberá o valor de R$ 3,45 milhões.

Lisca espera Graça para decidir sobre reforço na zaga; Vasco observa outras posições

O técnico do Vasco da Gama, Lisca, pretende testar Ricardo Graça antes de decidir sobre ir ou não ao mercado em busca de zagueiro.

Vasco homenageará Adhemar Ferreira com patch na camisa contra o São Paulo

O Vasco da Gama homenageará os 65 anos do bicampeonato olímpico de Adhemar Ferreira da Silva, com patch na camisa.

Vasco lança outras camisas em homenagem a Germán Cano

O Vasco da Gama lançou, ao todo, três camisas sobre Germán Cano, iniciativa que visa o lucro e a valorização do artilheiro.

Vasco abre inscrições para peneira de FreeFire

Nesta quarta-feira, o Vasco da Gama lançou uma peneira para a equipe de FreeFire, em parceria com a Black Dragons.

Vasco está invicto contra o São Paulo em São Januário desde 2013

Nesse período, o Vasco da Gama conseguiu venceu o São Paulo duas vezes por 2×0, resultado que interessa nesta quarta-feira.

Mesmo que não avance, vencer o São Paulo será essencial para o Vasco

O Vasco da Gama tem contra o São Paulo a oportunidade de elevar a autoestima, mas precisa vencer a partida, de preferência se classificando.

Vasco vence a Portuguesa-RJ por 3×0 pela Taça Guanabara Sub-20

O Vasco da Gama venceu a Portuguesa-RJ por 3×0, no Luso-Brasileiro, subiu para terceiro na tabela da Taça Guanabara Sub-20.

Vasco perde nos pênaltis para o Fluminense na final da Copa Rio Sub-17

O Vasco da Gama foi derrotado nos pênaltis na final da Copa Rio Sub-17, contra o Fluminense, nesta quarta-feira.

Veja mais notícias