Justiça declara Jorge Salgado como presidente do Vasco

Justiça invalida eleição do dia 07 de novembro e abriu caminho para posse de Jorge Salgado no Vasco da Gama.

Jorge Salgado comemora vitória na eleição do Vasco
Jorge Salgado comemora vitória na eleição do Vasco (Foto: Divulgação/Mais Vasco)

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro definiu, em julgamento nesta quinta-feira, que a votação no dia 7 de novembro, de forma presencial, em São Januário, não teve validade. O colegiado negou o recurso do candidato Leven Siano, que foi o mais votado naquele dia. Com isso, passa a valer a votação online que ocorreu em 14 de novembro, quando Jorge Salgado foi o vencedor.

Após a decisão, Leven Siano, em contato com o ge, anunciou que não vai recorrer do resultado.

– Sou uma pessoa de palavra, portanto acato o resultado como eu mesmo propus. O Vasco não merece mais indefinição. Que os torcedores compreendam que a decisão de pôr um ponto final nisso é definitiva e é pelo Vasco.

Após a declaração de Leven, Jorge Salgado comemorou a decisão da Justiça e falou como presidente do Vasco.

– Torcida Vascaína, agora sim. Vamos olhar para o futuro. E o futuro do Vasco começa agora, com a assinatura da Justiça. Agradeço a todos q estiveram comigo nessa caminhada, a todos da @muitomaisvasco, e a todos os sócios que votaram nas duas eleições. Agradeço também ao Leven, Júlio, Campello e Frias que, como eu, se apresentaram para servir ao Vasco nesse próximo triênio. Vamos juntos colocar o Vasco onde ele deve estar. No topo. Como Clube e como time. Hoje mesmo já estarei em contato com o presidente Campello para dar seguimento à transição. O trabalho continua – disse Salgado.

O relator do processo, o desembargador Camilo Ribeiro Rulière, votou a favor do recurso de Leven Siano. No entanto, os desembargadores Custodio de Barros Tostes e Fabio Dutra, também da Primeira Câmara Cível do TJ/RJ, não acompanharam o voto e foram contra a validação da eleição do dia 7 de novembro.

Até o momento, não há qualquer recurso na Justiça contestando a votação do dia 14 de novembro, quando Jorge Salgado (chapa Mais Vasco) foi o mais votado em disputa contra Julio Brant. Os outros três candidatos – Alexandre Campello, Leven Siano e Sérgio Frias – não participaram do pleito.

Na semana passada, Leven Siano convidou Jorge Salgado a aceitar a decisão tomada pelo TJ-RJ nesta quinta-feira, qualquer que fosse ela. O candidato da Mais Vasco, no entanto, não concordou, pediu para o adversário retirar todas as ações judiciais e sugeriu a realização de uma nova eleição. Leven não topou, e o impasse seguiu.

A decisão desta quinta dificilmente será modificada ainda em 2020 – isso porque o recesso do judiciário começa nesta sexta-feira. Qualquer recurso será julgado a partir de 6 de janeiro. A posse do novo presidente do Vasco está prevista para 20 de janeiro.

Embora em comemoração, José Cândido Bulhões, advogado de Salgado, informou que aguarda a publicação dos votos para saber como os desembargadores justificaram seus entendimentos. Ele explicou que o colegiado negou o provimento do agravo movido por Leven Siano e Roberto Monteiro (presidente do Conselho Deliberativo) e voltou a valer a decisão da 7ª Vara Cível que autorizou a eleição no formato online, realizada no dia 14.

– Temos presidente, é o Salgado – disse Bulhões, em contato com o ge.

O julgamento ocorreu de forma virtual, mas os advogados das chapas de Jorge Salgado e Leven Siano puderam acompanhar a sessão. Não foi permitida contestação. O presidente da Assembleia Geral, Faués Jassus, o Mussa, o presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, e o presidente Alexandre Campello também tiveram o direito de acompanhar o julgamento.

Caso não haja uma nova reviravolta, Jorge Salgado terá direito a 120 conselheiros e Julio Brant (Sempre Vasco), segundo mais votado na eleição de 14 de novembro, a outros 30 no Conselho Deliberativo. Brant se manifestou e parabenizou Salgado.

Canal Vasco Notícias; Inscreva-se!

 

Entenda a polêmica na eleição do Vasco

Na noite de 6 de novembro, o desembargador Camilo Rulière determinou que a eleição do Vasco acontecesse de forma presencial no dia seguinte, sábado (7/11). O pleito teve início às 9h55 e tinha previsão de terminar às 22h. Porém, no começo da noite, uma decisão do presidente do STJ, Humberto Martins, mandou suspender a votação.

Mesmo com a decisão do STJ, a mesa diretora da Assembleia Geral decidiu prosseguir o pleito, com apenas dois candidatos: Leven Siano e Sérgio Frias. Os outros três – Alexandre Campello, Jorge Salgado e Julio Brant – deixaram o clube, argumentando que não iriam desobedecer a uma ordem judicial.

Pouco depois das 22h, quando ainda havia sócios na fila para votar, as luzes de São Januário foram apagadas e a votação encerrada. As urnas, em um primeiro momento, foram lacradas. Porém, a mesa diretora da Assembleia Geral não achou lugar para deixá-las e resolveu fazer a contagem às 2h. Leven Siano foi o mais votado.

Na visão do presidente da Assembleia Geral do Vasco, Faués Cherene Jassus, o Mussa, a decisão do STJ que suspendeu a votação também deixou valendo a ação que marcava a eleição para o dia 14.

Uma semana depois, no dia 14, ocorreu a eleição online com a participação de apenas dois candidatos: Jorge Salgado (Mais Vasco) e Julio Brant (Sempre Vasco). Alexandre Campello (Rumo Certo) retirou a candidatura, Sérgio Frias (Aqui é Vasco) reconheceu a vitória da chapa Somamos, e Leven Siano entendeu ter sido eleito no dia 7.

Na disputa entre Salgado e Brant, o candidato da Mais Vasco foi o mais votado. No entanto, minutos após o resultado ser anunciado na sede do Calabouço, o STJ devolveu a questão para o TJ-RJ. Dias depois, o desembargador Camilo Ribeiro Rulière marcou o julgamento desta quinta.

Fonte Globo Esporte

Leia mais sobreEleiçãoJorge Salgado
68 comentários
  • Ramires - 18 de dezembro de 2020

    Devo dizer que tinha ficado triste pois os projetos do leven pareciam mais audaciosos, mas analisando friamente o salgadinho e um homem de finanças vitorioso e vascaíno mas que tudo ( sua história comprova) acho que estamos em boas mãos.

    Responder
  • ALMEIDA - 18 de dezembro de 2020

    Para mim já deu.
    Pode ficar com o clube pra você Salgado.
    Já cancelei meu sócio torcedor, pois tudo é muito obscuro no Vasco. Até uma simples eleição torna-se um circo de falcatruas.
    Trabalho muito para dar dinheiro a vagabundo.
    Fui

    Responder
  • Ricardo Marques - 18 de dezembro de 2020

    Pobre Vascão!
    Lamentável….
    Pra mim, acaba aqui…/+/

    Responder
  • Márcio Mendes Pacheco - 17 de dezembro de 2020

    Hoje foi decretado o fim do Clube de Regatas Vasco da Gama, agora o Vasco não irá mais jogar série B, vai jogar Série C. Já era. Quem sair por último , fecha a porta e joga a chave fora.

    Responder
  • Ademir de Moraes Ferreira - 17 de dezembro de 2020

    Leven Siano não devia abandonar a luta por justiça. O bom combatente não desiste nunca. Tem dinheiro, contrata excelentes advogados e toca para frente na justiça este imbróglio das eleições no Vasco. Salgado não topou esta proposta do perdedor não recorrer, porque você toparia?. A torcida está com você Leven.

    Responder
  • Denis soares - 17 de dezembro de 2020

    Eu não torço mais pro vasco tá fudido vão toma no cu desses filhas das putas desses líderes do vasco ????

    Responder
    • Márcio Mendes Pacheco - 17 de dezembro de 2020

      Cancelado o sócio torcedor. Ficar torcendo só pro meu time daki mesmo do meu estado, Sampaio Corrêa. Pois está jogando bem melhor que o Vasco. Mil vezes melhor.
      Continuar mais 3 anos nessa putaria, roubalheira não dá.

  • Ituassu - 17 de dezembro de 2020

    Eu vou abandonar meu sócio torcedor!!
    Tchau.
    Essa turma que entrou é o continuismo dos que afundaram nosso Gigante.
    Esses caras não tem projetos e nem de onde levantar recursos.
    O Leven era a única saída.
    Quem conhece um pouco da história da instituição, sabe que o Salgado vai ser mais um presidente correndo atrás de liminares, de recursos que nunca conseguem pra comprar jogadores e para pagar salários atrasados.
    O Gigante tava despertando!! Voltou a hibernar!! Que pena! Que pena!!
    Vai haver clássico no Brasileiro em 2021:
    Vasco X Botafogo;
    E vcs sabem onde, né!

    O que fizeram com nosso Vasco.

    Responder
  • Ademir de Moraes Ferreira - 17 de dezembro de 2020

    Essa justiça brasileira continua só votando a favor do que é contra o povo. Com certeza 2 desembargadores torcedores de outros clubes do Rio decretaram o fim do Vasco. Devem estar felizes. Se uma liminar da justiça autorizou a eleição do dia 7 os centenas de torcedores que gastaram dinheiro vindo de outras cidades e Estados para votar no dia 7, deviam entrar na justiça para devolução do que gastaram na eleição presencial e não nesta eleição fajuta online coordenada por uma empresa contratada pelo pilantra do Mussa que tem filho na chapa do Salgado. Agora seu filho pode mamar a vontade, assim como fizeram os filhos do Eurico Miranda.

    Responder
  • Ademir de Moraes Ferreira - 17 de dezembro de 2020

    A torcida não pode ficar inerte com um segundo golpe destes políticos velhos e velhacos que assolam o Vasco e vem afundando o clube ano após ano. Golpe Campelo e golpe Salgado. Não estão nem aí para o Vasco. Foi-se a esperança do clube se reerguer. Vai piorar e mais ainda. Os 2 desembargadores que votaram a favor do Salgado certamente são torcedores do Fla, Flu ou Botafogo e querem ver o Vasco acabar de vez. Os torcedores de fora do Rio que foram lá votar no dia 7 de novembro deviam entrar na justiça para que a própria justiçav ou o Vasco devolvam o que gastaram na eleição presidencial. Resta aos torcedores deixarem de ser sócios e deixar de assistir jogos deste time medíocre. Entreguem o Vasco a essa corja de aproveitadores. E quem estiver no estádio que xingue a diretoria o tempo todo (agredir não).

    Responder
  • Washington Ribeiro - 17 de dezembro de 2020

    Com esse presidente que não sabe nem o nome dos jogadores do vasco é esse aprendiz de técnico, já sei que vamos cair , pois, o torcedor do vasco só serve para dar dinheiro aos ratos que que estão lá dentro, cancelei inclusive, hoje mesmo já cancelei o meu sócio torcedor. Que Deus ajude o Vasco.

    Responder
  • junin - 17 de dezembro de 2020

    Time sem sorte do caralho , pqp. É mais três longos anos de sofrimento e chacotas.!!

    Responder
  • junin - 17 de dezembro de 2020

    Essa justiça merda é anti vasco desde os primordios , é p acabar de fechar o clube , colocar essa carniça no comando.Era uma vez um clube.

    Responder
  • Gustavo Duarte - 17 de dezembro de 2020

    Conta BMG…….CANCELADA

    Socio Torcedor……..CANCELADO

    Pay-Per-View……..CANCELADA

    ADEUS VASCO DA GAMA

    DESTRUIRAM O AMOR DO TORCEDOR POR ESSE Q JA FOI O MAIS LINDO E MAIS AMADO CLUBE DE FUTEBOL DO MUNDO………..????

    Nunca vou aceitar Salgado como Presidente do Clube de Regatas Vasco da Gama……..Nunca???

    Responder
  • Ailton - 17 de dezembro de 2020

    Só digo uma coisa, vamos ter um 2021 com muita dificuldade para não cair pra série C porque a queda pra B é certa.

    Responder
    • Heberson - 17 de dezembro de 2020

      Só esses seguidores que se dizem torcedores para levar aquela “eleição” de apenas um candidato, a sério!!!

  • Wanderley da Silva - 17 de dezembro de 2020

    Fim!!!!

    Responder
  • Wladimir Pimentel - 17 de dezembro de 2020

    2a. eleição em que a maioria perde. Não vou cancelar meu sócio torcedor. Mas não posso nem criticar quem o faça. E já está despencando.

    Responder
  • Orlando Perello Nogueira - 17 de dezembro de 2020

    Parabéns ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ/RJ)!!! Acabaram de decretar a FALÊNCIA do Clube de Regatas Vasco da Gama.
    Haverá uma debandada do Programa de Sócio Torcedor sem precedentes.
    Dois “golpes” em duas eleições seguidas. Se eu já andava desanimado com tudo o que vinha acontecendo, agora irei cancelar o SÓCIO TORCEDOR e a CONTA DO BMG. Vou colocar o meu PAY-PER-VIEW PREMIERE em nome do BAHIA.
    Se vire JORGE SALGADO!!!
    Com fé em Deus iremos cair novamente e quero ver o que o senhor fará sem a renda do Sócio e sem a verba da TV.
    Mais uma vez, Parabéns TJ/RJ. O Vasco é o time que só ganha aquele que a torcida derrota nas urnas.

    Responder
  • Júlio menezes - 17 de dezembro de 2020

    Bom, por mais que me doa a partir de hoje não vejo mais os jogos do Vasco não leio mais jornais e não acompanho mais o Vasco por pelo menos três anos até que esteja para acabar esse mandado; De mais um golpista, então voltarei a acompanhar para saber se vai haver outra pessoa digna de comandar o nosso Clube de Regatas Vasco da Gama.

    Responder
  • Allan Luiz de Almeida Moreira - 17 de dezembro de 2020

    É, mais um rebaixamento o vasco não merece isso, gostaria de ver o Leven presidente, mas agora é torcer que o salgado entenda, que montar um time capaz de ganhar Brasileiro, libertadores, copa do brasil e sulamericana, é investimento, além das premiação dos campeonatos, a torcida compra camisa, vai ao estádio , quero ver são januario ampliado para 45 ou 50 mil lugares, agora se adotar a politica de austeridade , vamos sofrer com rebaixamentos até virar uma portuguesa, meu vascão não merece isso, e a torcida tem cobrar desses dirigentes.

    Responder
  • Tó Zé - 17 de dezembro de 2020

    O novo presidente vai atrás das últimas gotas de sangue, pois o Vasco está cheio de dívidas e processos,rô que a mídia informou no passado era que o interesse do Salgado era receber recursos emprestados a dirigentes no passado em nome do Vasco.
    Vamos rumo a série B, ele vai vender os garotos da base para sacar algum e depois xau Vasco que vou de férias.
    Deus ajude o Vasco,o sofrimento continua.

    Responder
  • Diego - 17 de dezembro de 2020

    É a partir de hoje foi sacramentado o FIM do C.R Vasco da Gama… Lamento profundamente pelos torcedores Vascaínos que passaram pelas mãos de Eulixo Miranda, Goupello e agora mais um da mesma MAFIA…
    infelizmente hoje eu cancelei mei titulo de socio pois não vou mais bancar vagabundo dentro do Vasco… adeus Vasco adeus….

    Responder
  • Edvaldo Alves de Carvalho - 17 de dezembro de 2020

    Infelizmente mais um presidente dando golpe tenho vergonha de torce pro Vasco

    Responder
  • Orinaldo Santana - 17 de dezembro de 2020

    Desisto… Chega… Transformaram o VASCO – que conheci e aprendi a amar a mais de 35 anos – em um clube pequeno, avacalhado e dominado por aproveitadores. Não tenho mais prazer de acompanhar o Vasco. Prefiro ficar com a lembrança dos anos de glória do Gigante da Colina. Pra mim deu…

    Responder
  • Silvio Lucio de Souza - 17 de dezembro de 2020

    Jorge Salgado é de fato e de direito o nosso novo Presidente, sem dúvida alguma, o melhor. LEviano é um lunático, enganador e ainda por cima, estava sendo apoiado, pelos vigaristas e aproveitadores de plantão, aliados do maquiavélico e ladrão in memoriam Euvirus Pilantra. Temos que alijar do nosso Vasco essa cambada, a começar pelo tal Roberto Monteiro, o Filhinho do Bastardo, o Euriquinho, o tal Edmilson Valetim, o museu do Mussa e outros. Avante Vascão, uma nova era virá!

    Responder
  • Lair Gonçalves - 17 de dezembro de 2020

    Armação pura, desembargadores amigos do velho gagá. Como pode autorizar no dia 7 ee depois invalidar, tem coisa errada aí.

    Responder
  • Gilberto lua - 17 de dezembro de 2020

    Agora e hora de nos vadcsnino apoiar o novo presidente .gente não vamos atira pedra deixa o novo presidente trabalha que por sinsal tem muito tra balho .seja bem vindo presidente

    Responder
  • Adeilton Nascimento - 17 de dezembro de 2020

    O Vasco já era. Mais uma pilantragem e mais um rato no poder. Já são 20 anos de vergonhas e humilhações. Até quando???

    Responder
  • Ernandio nunes - 17 de dezembro de 2020

    Eita lascaqueira agora o Vasco termina de afundar esses cara não largam o osso pois bora salgado já compra o Benitez já q fez tanta questão de ser presidente do Vasco agora tira ele só fundo do poço sabidao.

    Responder
  • Hidelbrando Almeida - 17 de dezembro de 2020

    Acho que estamos a caminho de virar um time de segunda divisão eterna, porque só consigo vê esta bagunça no vasco.

    Responder
  • - 17 de dezembro de 2020

    Só entra pilantra no Vasco!
    Esses velhos de merda conseguiram acabar com alegria do povo.
    O Mussa deve estar feliz da vida, colocou os filhos na diretoria pra mamar por 3 anos.

    Responder
  • Antonio Carlos - 17 de dezembro de 2020

    Fui. Desisto de futebol

    Responder
  • CLAUDIO GOMES DE SOUSA - 17 de dezembro de 2020

    Uma vergonha essa política encravada dentro do vasco. Uma hora um presidente eleito, de repente, a justiça elege outro. E o Vasco ficando sempre em último plano. A verdade é que : Por mais otimista que eu seja…. O nosso vasco dificilmente escapará da série B.

    Responder
  • Antônio oliveira cielho - 17 de dezembro de 2020

    A torcida vascaína tem a obrigação de mover uma ação contra está decisão.Quem manda no Vasco não é desembargador e sim sua torcida.A torcida é quemvai escolher o seu presidente.vamos quebrar essas regras. #leven presidente já

    Responder
  • Elviston - 17 de dezembro de 2020

    Tremenda Covardia

    Responder
  • LUIZ FELIPE FERNANDES - 17 de dezembro de 2020

    Política do continuísmo.
    O discurso será o mesmo do Golpello.
    Vasco fraco. Sem recursos.
    Perdemos a chance de renascer.
    Sim. O sistema quer acabar com o Vasco. E a Justiça integra esse sistema.

    Responder
  • Edinaldo - 17 de dezembro de 2020

    Vergonha vergonha ficou a mesma raça novamente vergonha estão acabando com o Vasco vergonha vergonha

    Responder
  • Marcos Silva - 17 de dezembro de 2020

    Parabéns à mais 4 anos de pura infelicidade e descaso com q torcida onde mais uma vez ñ foi ouvida e apesar de toda fidelidade recebeu apenas cuspe na cara ????????

    Responder
  • Carlos Braga - 17 de dezembro de 2020

    Desafio o verdadeiro vascaíno a cancelar seu sócio torcedor que não serve de nada! O torcedor não escolheu salgado e não vamos aceitar amadores no Vasco! FORA SALGADO… VOCÊ NÃO NOS REPRESENTA!

    Responder
  • Valter José - 17 de dezembro de 2020

    Ficamos livres da turma do Eurico e cia.Roberto Monteiro,Leven e Eurico filho.Vão trabalhar

    Responder
  • Duvalter - 17 de dezembro de 2020

    Cada dia q passa , fica mais difícil torcer Vasco da gama , só tem pessoas com interesse proprio, e nos torcedores si passando de chacotas , continua a mesma coisa na política e no Vasco , difícil.

    Responder
  • adair - 17 de dezembro de 2020

    Estarei neste momento deixando de ser sócio do Vasco ! Sem comentários !

    Responder
  • Paulo Ferreira - 17 de dezembro de 2020

    Gostaria de ver o Leven Siano presidente do Vasco. Ele nos deu esperanças de um Vasco grande e forte novamente, à altura de nossas tradições. Infelizmente a justiça entendeu que eleição do fia 07 não tem validade. Espero que o Leven Siano cumpra sua palavra e não recorra da decisão. O Vasco não pode continuar sangrando. Agora é juntar os cacos, cair na real e nos unirmos para evitar mais uma queda para a segunda divisão.

    Responder
  • QUINHONE - 17 de dezembro de 2020

    AGORA FUDEU O VASCO

    Responder
  • david lourenço do nascimento - 17 de dezembro de 2020

    Acabou sou vascaíno mas estou enojado com essa justiça onde a voz do povo nao tem poder pra que eleições diretas se a vontade do torcedor nao e validada acabou o Vasco vai ser rebaixado ficaremos a mercer de uns vermes sangue sugas que nao tem mas o que sugar no Vasco sou e sempre serei Vasco mas nao ajudo mais a instituição e nem vejo mais os jogos

    Responder
  • Heuley Alves Damasceno - 17 de dezembro de 2020

    Enfim acabou, imagino, a bagunça daqueles que dizem amar o Vasco. Vamos lá novo presidente, temos a sua primeira tarefa para hoje, anuncia para a torcida a permanência do Benitez.
    Agora que eu quero ver. Se o Vasco cair para série B, sabe que vai ter problemas sérios. A torcida vai cobrar time. Não este monte de jogadores que parecem nunca ter jogado bola.
    Apesar de querer ver como presidente o Leven, me rendo por gostar do Vasco e desejo que tenha sucesso em sua gestão.
    Pode começar a trabalhar hoje. Benitez aguarda para ficar. Se não ficar, acabou o Vasco.

    Responder
    • Carlos Santana - 17 de dezembro de 2020

      Estava torcendo pelo Leven e seu projeto! Acho que era “fogo de palha” e muita arrogância da parte dele. Vasco não tem time. Sá Pinto tem que ficar. Benitez, muito caro para ficar. Com esse valor dá pra contratar uns cinco jogadores.

    • Lucas de moraes coelho - 17 de dezembro de 2020

      O Cano falou que vai melhorar o time e vai subir os meninos da base e o time vai melhorar pode acreditar você tem que ter fé o Vasco não vai cair pra série b de jeito nenhum

  • Thiago Mauricio neto - 17 de dezembro de 2020

    Que ponto que chegamos .
    Mais um presidente de merda!

    Responder
    • Edinaldo - 17 de dezembro de 2020

      Verdade

    • Valteraraujo678@gmail.com - 17 de dezembro de 2020

      Vergonha de dizer q sou vascaino pois onde passa é motivo de piadas daqui a poucos anos vasco vai ser um time pequeno pois so vai ter torcedor local .um time q so briga pra nao cair adminstracao uma vergonha onde eu passo nao vejo mais camisa do vasco as criancas nao querem torcer pois so apanha escutem isso

    • Ivan Inácio da Silva - 17 de dezembro de 2020

      Desisto de ser vascaíno essa justiça de merda, e esse velho Maldito desgraçado que sempre fudeu o Vasco cobrando dividas milionárias do clube náo tem.projeto para porra nenhuma, sempre foi aliado do demônio do Eurico, se prepara torcida vascaína com esse velho na presidência esquece reforma de são Januário e vamos jogar a série C do brasileiro…

    • Lucas de moraes coelho - 17 de dezembro de 2020

      não é , o Campello é pior presidente do Vasco eu acho muitos torcedores quase trocaram de time por causa do Campello

  • Jocatn - 17 de dezembro de 2020

    Até a justiça está contra o Vasco.

    Responder
    • Edinaldo - 17 de dezembro de 2020

      Sim até justiça isso é uma vergonha

  • Marco Antonio - 17 de dezembro de 2020

    Hoje é um dia especial para quem sempre torceu contra o Vasco. Foi decretado o fim deste clube que um dia foi gigante.

    Responder
  • luizcarlosjlle2019@gmail.com - 17 de dezembro de 2020

    Independente de quem foi o vencedor ou perder, o importante nesse momento e que haja uma noção de clubismo ou seja, paixão, amor, querer o bem do clube de quem acabou não se e lá egendo. Agora e arregaçar as mangas todos, sem picuinhas, sem recurso judicial, sem trabalhar nos bastidores contra. Temos que unir forças para tirar o Vasco do fundo do poço. Que o novo Presidente seja iluminado para bem conduzir o nosso clube. Um pedido: Tira logo esse técnico, não deixa esse Campelo continuar mandando, porque ele vai e quer colocar o Vasco na segunda divisão

    Responder
  • Edson sardinha francisco - 17 de dezembro de 2020

    SALGADO , PRESIDENTE E BRINCADEIRA VAI AFUNDAR O VASCO MAIS AINDA.

    Responder
  • Edvaldo Pereira da Silva - 17 de dezembro de 2020

    Infelizmente a justiça deixou os golpista afundar o Vasco.

    Responder
  • Joel Filagrana - 17 de dezembro de 2020

    Estamos mortos, podem fechar as portas

    Responder
  • alciones - 17 de dezembro de 2020

    valeu

    Responder
  • Marcelo Augusto da Silva - 17 de dezembro de 2020

    Fudeu,vamos cair de novo

    Responder
    • Marcelo Augusto da Silva - 17 de dezembro de 2020

      Fu… Vamos cair de novo

  • Zezin - 17 de dezembro de 2020

    VCS ESTÃO DE SACANAGEM, VIROU BAGUNÇA MESMO

    Responder
  • Raimundo - 17 de dezembro de 2020

    Não reconheço este cidadão como novo presidente….. A partir de hoje não ajudo o clube mais em nada.. tudo de podre só acontece com o Vasco

    Responder
  • João Mamede - 17 de dezembro de 2020

    Deus nos abençoe !

    Responder
    • Marco Antonio - 17 de dezembro de 2020

      Hoje o Vasco da Gama decretou o seu fim.

Deixe sua opinião

Últimas notícias
23 de janeiro de 2022
Caio Lopes deve acertar com o Leganés, da 2ª divisão da Espanha

Cria da base do Vasco da Gama, meia Caio Lopes deve acertar sua transferência para o Leganés, da segunda divisão da Espanha.

Confira a programação semanal do futebol profissional do Vasco

Veja a agenda do futebol do Vasco da Gama na semana em que a equipe faz sua estreia no Campeonato Carioca.

Ex-Vasco, Alan Kardec pode voltar ao futebol brasileiro

Atacante revelado na base do Vasco da Gama, Alan Kardec está há quatro meses sem receber salários na China.

Confira o provável time do Vasco na estreia do Carioca contra o Volta Redonda

Veja a provável escalação que o técnico Zé Ricardo deve mandar a campo na estreia do Vasco da Gama no Campeonato Estadual.

Às vésperas do Carioca, Castan e Vanderlei seguem com futuro indefinido no Vasco

Com a estreia do Estadual batendo na porta, Leandro Castan e Vanderlei seguem com suas situações incertas no Vasco da Gama.

Elenco campeão da Copinha 1992 se reúne para celebrar 30 anos da conquista

Estiveram presentes nomes como Pimentel, Alex Pinho, Leandro Ávila e Valdir Bigode; Vasco da Gama faturou o título do torneio sobre o SP.

Parabéns, fera! Juninho completa 21 anos neste domingo

Uma das principais promessas do Vasco da Gama, Juninho nasceu em 23 de janeiro de 2001; em 2022, meio-campista deve ter mais protagonismo.

Definida a arbitragem para o jogo entre Volta Redonda e Vasco

Confira a arbitragem para o jogo entre Volta Redonda e Vasco da Gama nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira, pelo Carioca.

Vasco estaria tentando redução salarial para manter Vanderlei no elenco

Caso o goleiro aceite a sugestão, a tendência é que continue no Vasco da Gama para 2022, disputando posição com Thiago Rodrigues e Halls.

Vasco estreará no Carioca com equipe reformulada

O Vasco da Gama vem reformulando a equipe buscando fazer um boa temporada e mirando o acesso à Série A do Brasileiro.

Veja mais notícias