Joel Santana critica desempenho do Vasco contra o Botafogo: ‘É muito ruim’

O ex-técnico do Vasco da Gama, Joel Santana, também fez críticas individuais ao time, incluindo as opções do técnico Marcelo Cabo.

Joel Santana
Joel Santana (Foto: Ivo Gonzalez/Agência O Globo)

Em Podcast publicado em seu canal no Youtube, o ex-técnico do Vasco da Gama, Joel Santana, não poupou críticas ao desempenho do Cruzmaltino no empate em 1 a 1 com o Botafogo, em São Januário, na noite do último domingo (22).

Joel Santana classificou o atual time do Vasco como ‘muito ruim’, e alertou sobre a chance de rebaixamento no Campeonato Carioca. O ex-técnico disse que ‘sabe Deus’ como o Gigante conseguiu o empate no final, e criticou a forma como a equipe estava postada.

– Desculpe vascaíno o que falar aqui. Eu peço desculpa porque às vezes a pessoa pode achar que estou muito crítico, mas a verdade é que esse time do Vasco é muito ruim. Olha, eu conheço o Vasco, acompanho o campeonato, e ou o Vasco toma uma posição ou senão vai brigar para não cair. Tem dois pontos, só Deus sabe como ele arranjou aquele pontinho de graça, o zagueiro do Botafogo foi muito infeliz, se coloca para lateral não acontece nada, e o Vasco ia amargar mais uma derrota. O time do Vasco é ruim, ta mau postado, mau escalado, está ruim sob todos os requisitos que é uma equipe dentro do futebol moderno.

Ele continuou fazendo críticas à equipe, com destaque negativo para Zeca, que começou a partida na lateral-direita e terminou na lateral-esquerda, e MT, que iniciou na lateral-esquerda e foi puxado para o meio de campo. Joel Santana também não ficou satisfeito com a saída de Talles Magno, e colocou como ponto positivo a entrada de Carlinhos.

– É um time jovem, mas defesa é horrorosa. O lateral-direito estava muito mal no jogo, o lateral-esquerdo pior ainda. Eu não porquê ele tirou o Talles Magno. Se tirou por alguma contusão, tudo bem. Tudo certo. Mas ele tirou o lateral-direito que tinha feito o gol contra, o passou para a esquerda, onde ficou todo torto, e passou o lateral-esquerdo e passou para o meio de campo, cara! Ele já estava horroroso de lateral-esquerdo e você passa ele para o meio de campo? Lugar de criação. Ele só deu sorte de consertar quando tirou o lateral-esquerdo, que foi para o meio de campo, e colocou o outro jogador, que não me lembro o nome, e aí o time deu uma equilibrada no jogo.

Aliviando um pouco para o lado do Vasco, Joel Santana citou que o Vasco teve chance de virar o resultado após deixar tudo igual na reta final, mas que foi atrapalhado por um erro do árbitro que colocou a barreira muito próxima na hora em que Zeca tinha em seus pés uma falta muito perigosa. Concluindo, ele ressaltou que ambas as equipes não foram bem no jogo.

– O Vasco conseguiu empatar o jogo e, pasmem, só não virou o jogo porque o árbitro falhou. Teve uma falta quase entrando dentro da grande área, que o juiz colocou uma barreira a meio metro. Não precisava nem ficar contando as marcas, era só colocar entre a marca do pênalti e a pequena área. A barreira ficou na marca do pênalti, a cinco metros e a cobrança não passou. Agora, Vasco e Botafogo que me desculpem, foi um jogo triste, horroroso, e os melhores momentos foram quando eles falharam, e falharam muito. Esse jogo não merece nenhuma credibilidade. O futebol carioca está decadente, e já está começando a despontar o campeão.

Com o empate no clássico, o Vasco chegou a apenas dois pontos em quatro rodadas do Campeonato Carioca, ficando na penúltima posição, à frente do Macaé, que tem apenas um. Será, inclusive, o próximo adversário do Gigante, nesta quarta-feira (24), às 18h, em São Januário.

Leia mais sobreBotafogoJoel Santana
4 comentários
  • Moura,+Henrique - 22 de março de 2021

    Francamente, Joel,vc criticar o técnico porque tirou o TALLES , fala sério!!!! Um jogador medíocre como ele não joga nem na série D…

    Responder
  • Roger - 22 de março de 2021

    Tudo bem que é início de temporada, mas Joel fez uma leitura fiel do que foi apresentado durante o jogo contra o Botafogo. Tem que acelerar e objetivar um padrão tático para convencer e superar os adversários ditos fracos.

    Responder
  • U - 22 de março de 2021

    Mas quem em sã consciência pode discordar do análise de Joel ? Sim o time é de fato muito ruim ,principalmente e sua colocação em campo ,fato que vem ocorrendo há muito tempo tanto que caiu para segunda divisão do brasileiro de maneira melancólica e, está seriamente ameaçado para ser rebaixado no Estadual .O treinador Cabo já começa a demonstrar que está perdido no espaço .E ,está São Januário virando cemitério de jogadores .Ninguém que é contratado ,embora muitos deles reservas em seus times de origem ,conseguem jogar no Vasco e,os que nas divisões de base era promessa certa ,também estão afundando na mediocridade dos esquemas e escalações ,veja os exemplos recentes ,Rossi destaque no Bahia ,como Gilberto , este Gil ,que ontem fez um golaço pelo seu novo time ,Tales Magno está sendo queimado aos poucos ,jogando errado e mal substituído ,Andrei e Bruno Gomes estão afundando nesta lambança tática ,mas o que si pode fazer ,ou exigir dos jogadores que ficam de três a cinco meses sem receber ,quem joga mais ou menos ,prefere um Fortaleza ,Sport,Bahia ,Bragantino e ai vai ,que pagam em dia .Estão acabando com o meu Vasco ,a gloriosa Caravela está tendo o mesmo destino do Titanic .

    Responder
    • Vicente+Otávio+da+Fonseca - 23 de março de 2021

      Você está certíssimo. O Vasco contrata mal, paga mal, elegem presidentes mal, contrata técnicos péssimos. Não acredito neste Cabo. Pelo menos com o técnico Wanderley fez algumas partidas muito boas, como a contra o Atlético Mineiro. Agora é uma vergonha em cima de vergonha. Estamos perdidos, acabados. Acho que não há mais nada a fazer, a não ser que surja um milagre, como o que ocorreu com o Bragantino.

Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de setembro de 2021
Vasco projeta 8 mil ingressos contra o Goiás e 11 mil diante do Coritiba; preço reduzirá

O Vasco da Gama tem o intuito de atingir os 50% de ocupação liberados pela prefeitura no jogo contra o Coritiba, pela 30ª rodada da Série B.

Castan e Graça buscam sequência em dupla antiga, mas pouco usada no Vasco

Zagueiros mais antigos do elenco do Vasco da Gama, Leandro Castan e Ricardo Graça jogaram juntos poucas vezes ao longo dos anos.

Presidente do Fluminense cita caos político no Vasco em comentário sobre voto online

Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, colocou a situação política do Vasco da Gama nos últimos anos como um exemplo a não ser seguido.

Nenê celebra reestreia pelo Vasco e destaca participação em gol: ‘Muito feliz’

O meio-campista do Vasco da Gama, Nenê, teve uma boa reestreia e se mostrou muito satisfeito em ter participado do gol diante do CRB.

Luxemburgo cumprirá suspensão e Cruzeiro será comandado do Belletti contra o Vasco

O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, foi expulso contra o Operário-PR e não vai reencontrar o Vasco da Gama neste domingo.

17 de setembro de 2021
Título, acesso e rebaixamento: as probabilidades do Vasco na Série B

O Vasco da Gama diminuiu as chances de acesso e título com o empate diante do Brasil de Pelotas, pela 24ª rodada da Série B.

Leven detona gestão por disponibilizar apenas mil ingressos no domingo: ‘Burros!’

Decisão da diretoria do Vasco da Gama de levar somente mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro revoltou Leven Siano.

Saiba como será a venda de ingressos para o jogo entre Vasco x Cruzeiro

Veja todos os detalhes que cercam a venda de ingressos e os requisitos necessários para estar em São Januário no jogo contra o Cruzeiro.

Ingresso de Vasco x Cruzeiro custará R$ 250 e será apenas para sócios; Osório explica

O Vasco da Gama deve aumentar a carga de ingressos para os jogos posteriores e ainda reduzir o preço visando maior presença de torcedores.

Presidente do Fluminense explica saída de Nenê: ‘Todas as partes ficaram felizes’

Segundo Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, o meio-campista Nenê pediu um vínculo mais longo, o que o Vasco da Gama queria oferecer.

Veja mais notícias