Identidade Vasco emite nota e critica expulsões de Monteiro e Valentim

Através de nota, o grupo Identidade Vasco criticou as expulsões de Roberto Monteiro e Alberto Valentim do quadro de sócios do Vasco da Gama.

Respectivamente, Roberto Monteiro e Edmilson Valentim
Respectivamente, Roberto Monteiro e Edmilson Valentim

O grupo Identidade Vasco divulgou uma nota neste sábado (29), sobre a expulsão de Roberto Monteiro e Edmilson Valentim do quadro social do Vasco da Gama.

Os ex-dirigentes foram investigados por suposto descumprimento do estatuto do Clube na criação da lista de associados aptos a votar na última eleição presidencial, quando Monteiro assumia o cargo de presidente do Conselho Deliberativo e Valentim o cargo de presidente do Conselho Fiscal.

Na nota, o Identidade Vasco criticou as expulsões e citou que o Gigante da Colina está sendo comandado por pessoas ilegítimas que usaram o poder para excluir quem discorda dos seus posicionamentos.

Que gente sem honra e sem caráter é essa que hoje comanda o Vasco? Sim, eles já eram e são ilegítimos, perderam a eleição, eram e são usurpadores, mas ontem, definitivamente, desceram ao degrau mais baixo da sordidez humana, usaram o poder para excluir quem deles diverge e justamente no lugar onde a Democracia verdadeiramente nasceu no Brasil. E não falamos só de futebol.

Publicou.

Confira a nota

NOITE TRISTE DA HISTÓRIA DO VASCO

Tivemos momentos muito tristes em nossa história recente, com quatro rebaixamentos, jogadores sem compromisso vestindo nossa camisa, times sem rumo em campo, mas ontem, dia 28/05/2021, já adentrando a madrugada de 29/05/2021, a Instituição Vasco da Gama perdeu um pouco de sua alma.

Roberto Monteiro e Edmilson Valentim foram a julgamento no Conselho Deliberativo pelo “delito” de exercerem suas funções ao interpretarem o estatuto em vigência do Vasco, e não reconheceram uma anistia irregularmente implementada na Gestão Campello. Foram julgados e punidos pelo “crime” de opinião. Por seguir o Estatuto do CRVG.

E foram expulsos.

Que gente sem honra e sem caráter é essa que hoje comanda o Vasco? Sim, eles já eram e são ilegítimos, perderam a eleição, eram e são usurpadores, mas ontem, definitivamente, desceram ao degrau mais baixo da sordidez humana, usaram o poder para excluir quem deles diverge e justamente no lugar onde a Democracia verdadeiramente nasceu no Brasil. E não falamos só de futebol.

Para quem ainda não entendeu, a Resposta Histórica não foi só futebol, foi a primeira vez em que negros e pobres do Brasil se levantaram com altivez para exigir seus direitos e não foram massacrados, não saíram derrotados, eles venceram! E foi no Vasco! Foi o Vasco! Ela é o Vasco!

E ontem a Resposta Histórica foi negada, o Vasco virou as costas a sua própria história.

Enquanto o Vasco precisa de unidade e concentração em trazer de volta o Vasco às glórias, está gestão biônica, ocupa-se em demitir e expulsar vascaínos de seu quadro social, motivadas pela vaidade e vingança, que pouco a pouco se transformam em arbitrariedade e desrespeito. Desrespeito ao Vasco e aos vascaínos. A “noite dos longos punhais”, tristemente, se repete no Vasco de 2021.

Um Conselho Deliberativo ilegítimo que serve para perseguir adversários políticos, mas não para defender o patrimônio do clube, pois não tem a coragem de apurar o aumento da dívida do Vasco na gestão Campello, as contas rejeitadas de 2018 ou para onde foi o dinheiro do Paulinho. Hoje no Vasco o crime é divergir.

Na noite das perseguições o branco rico foi poupado, mas o preto e o branco português dos subúrbios cariocas foram expulsos. Nada mais anti-Vasco, nada mais indigno da história do Vasco.

Claro que o Identidade Vasco vai continuar a lutar, Roberto e Edmilson buscarão seus direitos, mas é imprescindível que essa luta seja de todos aqueles que reconhecem no Vasco o valor da diversidade e da democracia, de todos os que entendem a gravidade do que ocorreu no Conselho Deliberativo do Clube.

Agora, a luta não é apenas pela necessária recuperação financeira e esportiva do Vasco, mas pela alma do Clube, sequestrada por seres indignos que desonraram o significado maior do Vasco.

Identidade Vasco

O Vasco é a nossa Identidade

Enquanto os problemas extracampo perseguem o Vasco da Gama, os torcedores sofrem com o mau desempenho do time dentro das quatro linhas, como aconteceu neste sábado (29), na derrota para o Operário-PR na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro.

3 comentários
  • Ronaldo de Jesus Mercado - 1 de junho de 2021

    Noticia maravilhosa. Esperei mais de 03 anos por esse dia.Esse Roberto Monteiro foi um dos responsáveis pelo golpe que fez o Campelo virar presidente e passou a boicotar o mesmo quando viu que não iria mandar no Vasco. Só falta excluir todos os membros do grupo Identidade Vasco e do Fuzarca (Antigo Casaca, Grupo dos Euriquistas) aí sim o Vasco vai mudar pra melhor.

    Responder
  • Jota wilson - 30 de maio de 2021

    Vocês que vive brigando por poder no clube são um câncer na vida do vasco, o nosso time está doente porque vcs são essa doença maligna na vida do clube que so vai se curar quando ficar livre de vcs,quer fazer um grande favor pro clube vai torcer pro urubu e deixa nosso vascão em paz

    Responder
  • José+de+Ribamar+Jorge+Andrade - 29 de maio de 2021

    Essa politica nojenta está levando o Vasco ão fundo do poço. Será que vcs ñ tem vergonha na cara.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
Pássaro entrega relatório com realizações e cita benefício de R$ 77 milhões ao Vasco

O ex-diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, entregou um relatório com pontos que seu trabalho teria melhorado no Clube.

Paiffer explica importância de pesquisa com torcedores e afirma que não sugeriu SAF

Com reunião nesta quinta (02) com a diretoria, Carol Paiffer se manifestou nesta quarta (01) sobre assuntos relacionados ao Vasco da Gama.

Andrey se despede do Vasco: ‘Aqui sempre vai existir um coração vascaíno’

Na despedida do Vasco da Gama, o volante Andrey publicou um emocionado texto de despedida citando a trajetória e agradecendo.

Números de Michel, Ernando e Walber pelo Vasco

Confira os números de Michel, Ernando e Walber, que estão oficialmente fora do Vasco da Gama para a próxima temporada.

Gilmar Ferreira afirma que Zé Ricardo está apalavrado com o Vasco

Grande favorito para assumir o Vasco da Gama, o técnico Zé Ricardo ainda não resolveu todas as pendências com o Qatar SC, seu ex-clube.

Fora do Vasco, Andrey analisa proposta de clubes da Série A e do exterior

Depois de oficializada a saída do Vasco da Gama, o volante Andrey agora busca um novo destino, o que ainda está em aberto.

Vasco confirma saídas de Ernando, Michel e Walber

O Vasco da Gama confirmou nesta quarta-feira que Michel e dos zagueiros Ernando e Walber não seguiram no Clube.

Andrey deixa o Vasco após 17 anos

Formado na base, o volante Andrey, que está em São Januário desde 2004, deixou o Vasco da Gama depois de 17 anos.

Vasco vence o Karanba por 1 x 0 pelo Carioca Feminino Sub-18

As meninas do Vasco da Gama venceram o Karanba por 1×0, no Estádio Nivaldo Pereira, pela terceira rodada do Carioca Feminino Sub-18.

Vasco encerra negociações com Ricardo Gomes

O Vasco da Gama encerrou as negociações com Ricardo Gomes, que seria contratado para o cargo de CEO de futebol.

Veja mais notícias