Germán Cano é a esperança do Vasco para encerrar jejum de vitórias

Contra o Bahia, o Vasco da Gama aposta no atacante argentino Germán Cano para encerrar longo período sem vitórias.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  7 de outubro de 2020 às 16:25-  Atualizada em 7 de outubro de 2020 às 19:10
Germán Cano comemorando gol contra o São Paulo
Germán Cano comemorando gol contra o São Paulo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
data-full-width-responsive="true"

A torcida vascaína não comemora um gol do argentino Germán Cano há cinco jogos. O incômodo jejum coincide com a seca do Vasco, que acabou eliminado da Copa do Brasil sem marcar nos dois clássicos com o Botafogo e despencou na classificação do Brasileiro. Nesta quarta-feira, às 19h15, contra o Bahia, no Pituaçu, a esperança pelo fim do jejum passará pelos pés do camisa 14.

Artilheiro do Vasco em 2020, com 16 gols, Cano se tornou um alvo para os marcadores. Com um ótimo senso de posicionamento e bom poder de finalização, ele sentiu os espaços diminuírem, assim como as assistências. Pouco acionado, não conseguiu fazer a diferença nos últimos jogos. Seu último gol foi justamente na última vitória do Vasco, no 3 a 2 contra o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro, em 13 de setembro.

À espera de reforços para municiar o ataque — Blessing, Patrick e Valencia são os alvos —, Ramon Menezes tentará montar o quebra-cabeças na ausência dos jogadores mais criativos do meio: Andrey e Benítez, suspensos. Bruno Gomes, Marcos Júnior e Carlinhos disputam as duas posições em aberto.

Após a goleada sofrida para o Atlético-MG, por 4 a 1, no Mineirão, todos reconhecem que o Vasco precisa de uma resposta imediata para não perder o foco na perseguição ao G-4. Para isso, falhas infantis não são mais permitidas. “Temos o Bahia pela frente, temos que recuperar a parte psicológica. Ninguém gosta de perder, ainda mais jogando no Vasco”, disse Ramon à ‘Vasco TV’.

Fonte: Jornal Meia Hora

Leia Mais Sobre