Ex-Vasco, Jordi renova com o Paços de Ferreira até 2024

Formado na base do Vasco da Gama, o goleiro de Jordi está em grande fase no clube português e estendeu o seu vínculo por mais 3 anos.

Paulo Meneses, presidente do Paços De Ferreira, e Jordi
Paulo Meneses, presidente do Paços De Ferreira, e Jordi (Foto: Arquivo pessoal)

O goleiro Jordi, do Paços de Ferreira, renovou o vínculo com o clube português que se encerraria em junho de 2022 por mais duas temporadas. O novo contrato válido até 2024 foi assinado nesta quinta-feira, dia 25, junto com o presidente do clube, Paulo Meneses.

“Estou muito realizado por essa extensão de contrato. O Paços, desde início que cheguei na Europa tem me tratado com muito respeito e carinho. Estou escrevendo meu nome na história do clube e agora terei mais três anos para seguir esse caminho de vitórias”, destacou Jordi, que na temporada passada ajudou o equipe alcançar a histórica quinta posição no Campeonato Português”.

“Sou grato ao Paços de Ferreira por ter me dado essa oportunidade logo em meu primeiro ano na Europa. Todo o sucesso que tive foi recompensado neste momento com a renovação. Não é fácil chegar e rapidamente conseguir números expressivos”, destacou o goleiro.

Fonte: Divulgação

Leia mais sobreJordi
3 comentários
  • Suellen De Almeida Machado - 25 de novembro de 2021

    amo essas noticias, pois mostra mais uma vez a incompetência dos dirigentes vascainos, desde que ele estava no CSA e fez um excelente campeonato Brasileiro, o vasco poderia o ter reintegrado no time, mas fez a merda de sempre de deixar um jogar bom ir embora e hoje está atrás de goleiro.

    Responder
  • Geraldo beltrao - 25 de novembro de 2021

    Para o vasco não serviia…

    Responder
  • Jota wilson - 25 de novembro de 2021

    Isso e time ?tem nome de pelada do interior e bem longe de cidade

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
30 de novembro de 2021
ArquiVasco se posiciona contra movimento do Vasco de se tornar clube-empresa

Grupo político emitiu comunicado fazendo fortes críticas a intenção do Vasco da Gama em transformar seu futebol em clube-empresa.

Roberto Monteiro critica pedido de constituição de clube-empresa

Ex-presidente do CD do Vasco da Gama, Roberto Monteiro disparou contra a possibilidade do futebol do Clube ser gerido por uma empresa.

Decisões centralizadas de Salgado provocam desconforto em parte de base aliada

Postura do presidente Jorge Salgado na condução do futebol do Vasco da Gama vem sendo criticada até por membros da base aliada.

Ex-presidente do Vasco, Campello diz que não vê nenhum nome capaz de unir o Clube

Em entrevista ao Blog do jornalista Ricardo Gonzales, Alexandre Campello se mostrou pessimista quanto ao futuro do Vasco da Gama.

Oposição do Vasco se mobiliza pela saída de Jorge Salgado

Número necessário de assinaturas para convocação de Assembleia Geral Extraordinária vem aumentando nos corredores de São Januário.

‘Juntos vamos conduzir o Vasco ao seu devido lugar’, afirma Nenê

Um dos pouquíssimos destaques do Vasco da Gama em 2021, meia diz ainda que ”vestir a camisa do Vasco da Gama é uma honra”.

‘O Vasco não precisa ter seu futebol vendido’, critica Leven sobre possível SAF

Via redes sociais, Leven Siano se manifestou contrariamente à possível transformação do futebol do Vasco da Gama em clube-empresa.

29 de novembro de 2021
Em vídeo com torcedor, Salgado revela que Zé Ricardo e Ricardo Gomes devem chegar

Respondendo informalmente a um torcedor do Vasco da Gama, presidente Jorge Salgado confirma negociações por Zé Ricardo e Ricardo Gomes.

Marquinhos Gabriel lamenta temporada mas afirma que Vasco ‘voltará ao seu lugar’

Meia diz ainda que faltaram detalhes ao Vasco da Gama e que ”carregar a Cruz de Malta é a principal motivação para quem está no Clube”.

Salgado e outros dirigentes comentam possível constituição da SAF no Vasco; assista

Falaram sobre o pedido para que o futebol do Vasco da Gama vire empresa o 2º VP geral, Duque Estrada, e o presidente do CD, Carlos Fonseca.

Veja mais notícias