Entrevista coletiva de Vanderlei Luxemburgo após o jogo contra o Coritiba

A entrevista coletiva do técnico Vanderlei Luxemburgo após a derrota do Vasco da Gama por 1x0 para o Coritiba em São Januário.

Luxemburgo conversa com o árbitro do jogo contra o Coritiba
Luxemburgo conversa com o árbitro do jogo contra o Coritiba (Foto: André Durão)

O técnico Vanderlei Luxemburgo não quis saber de lamentações após a derrota do Vasco por 1 a 0, para o Coritiba, na noite deste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Segundo o treinador, a equipe precisa sentir o resultado, mas já virar a página para a sequência da competição.

– Eu acho você disputar um confronto direto, em casa, se meus jogadores chegam no vestiário sorrindo, eles iam tomar esporro. Tem que sentir a derrota, mas agora tem que levantar a cabeça e saber que a competição continua. O time tem treinado, tem se motivado. Não queríamos perder, mas o futebol é dessa forma. Você pode perder, pode ganhar de repente um clássico.

Com a derrota, o Vasco aparece em 15º com 32 pontos. O próximo confronto do clube é na próxima quarta-feira, às 21h30, contra o Bragantino, fora de casa.

Confira abaixo outras respostas do treinador

Derrota para adversário direto

– Era um confronto direto. O prejuízo é que perdemos para um adversário que está lá embaixo na tabela. E com uma vitória hoje avançaríamos para 35 pontos e ficaríamos muito próximos do nosso objetivo inicial. Não tivemos uma atuação convincente. O segundo tempo, com um jogador a menos, a equipe se dedicou, correu bastante, mas não foi o suficiente para conseguirmos o resultado. Mas é uma situação que poderia acontecer. Vamos ter que buscar esse resultado negativo em casa de outra maneira – afirmou o treinador, que ainda completou.

– Ainda temos nove jogos e essa conta que estamos fazendo é de 12 jogos. Se tivéssemos ganhado hoje, não terminaríamos a competição, nem teríamos ficado na Primeira Divisão. Perdemos hoje e também não muda nada. Nós continuamos correndo atrás da manutenção da equipe na Primeira Divisão.

Expulsão do Henrique

– Eu ainda não vi o take. preciso ver o take para fazer uma análise. Perder um jogador no primeiro tempo é sempre muito ruim. Mas gostaria de dar uma olhada para interpretar. tem lances que você tem a intenção de dar a cotovelada e tem lances que não tem, que é algo do jogo. por isso gostaria de dar uma olhada.

Substituições na partida

– Eu tenho um lateral jogando no meio-campo, que já jogou algumas vezes de lateral-esquerdo. Por que eu vou trocar um jogador ainda no primeiro tempo? E como ele atuou bem na lateral, não teve nenhum problema ali, eu preferi deixar do que fazer a substituição. Depois eu fiz a substituição vendo o que o Coritiba ia fazer.

Volta de Benítez

– Ficou claro que ele precisa de mais jogo. Você não tem como levar 15 dias preparando o jogador, porque não dá tempo. Você tem que usar o jogador, como usei. Vamos ver agora na representação para ver como vamos preparar o time para quarta-feira. Vamos ver o que podemos fazer.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários
  • Waldionor Monteiro Silva - 18 de janeiro de 2021

    Lamentável essa derrota e5do tipo de jogo em casa que time de camisa com muita tradição não pode perder, condenar o atleta pela expulsão nunca errou feio tem que mostrar o lance pra ele pra não ocorrer mais, esse mesmo jogador nas duas últimas partidas salvou em cima da linha nós dois jogos, agora tem que pegar um puxão de orelha segura um lance no meio de campo sem perigo de gol é loucura Pode fazer falta lá na frente!!

    Responder
  • ozorio andrade - 18 de janeiro de 2021

    Bruno Gomes é bom jogador, más não tem sangue de vencedor nas veias jogo pode tá pegado fogo nem é com ele, corre pra não chegar meio de campo lento, ao meu ver o PROFEXÔ quí é muito bom, tem qui ver isso,

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
Pássaro entrega relatório com realizações e cita benefício de R$ 77 milhões ao Vasco

O ex-diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, entregou um relatório com pontos que seu trabalho teria melhorado no Clube.

Paiffer explica importância de pesquisa com torcedores e afirma que não sugeriu SAF

Com reunião nesta quinta (02) com a diretoria, Carol Paiffer se manifestou nesta quarta (01) sobre assuntos relacionados ao Vasco da Gama.

Andrey se despede do Vasco: ‘Aqui sempre vai existir um coração vascaíno’

Na despedida do Vasco da Gama, o volante Andrey publicou um emocionado texto de despedida citando a trajetória e agradecendo.

Números de Michel, Ernando e Walber pelo Vasco

Confira os números de Michel, Ernando e Walber, que estão oficialmente fora do Vasco da Gama para a próxima temporada.

Gilmar Ferreira afirma que Zé Ricardo está apalavrado com o Vasco

Grande favorito para assumir o Vasco da Gama, o técnico Zé Ricardo ainda não resolveu todas as pendências com o Qatar SC, seu ex-clube.

Fora do Vasco, Andrey analisa proposta de clubes da Série A e do exterior

Depois de oficializada a saída do Vasco da Gama, o volante Andrey agora busca um novo destino, o que ainda está em aberto.

Vasco confirma saídas de Ernando, Michel e Walber

O Vasco da Gama confirmou nesta quarta-feira que Michel e dos zagueiros Ernando e Walber não seguiram no Clube.

Andrey deixa o Vasco após 17 anos

Formado na base, o volante Andrey, que está em São Januário desde 2004, deixou o Vasco da Gama depois de 17 anos.

Vasco vence o Karanba por 1 x 0 pelo Carioca Feminino Sub-18

As meninas do Vasco da Gama venceram o Karanba por 1×0, no Estádio Nivaldo Pereira, pela terceira rodada do Carioca Feminino Sub-18.

Vasco encerra negociações com Ricardo Gomes

O Vasco da Gama encerrou as negociações com Ricardo Gomes, que seria contratado para o cargo de CEO de futebol.

Veja mais notícias