Dia do Goleiro: confira 8 grandes nomes da posição na história do Vasco

De Barbosa a Martín Silva, o Vasco da Gama teve grandes goleiros nos seus 122 anos de história, e o Vasco Notícias lista 8 deles.

Carlos Germano, ex-goleiro do Vasco
Carlos Germano, ex-goleiro do Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br)

Nesta segunda-feira (26), comemora-se o Dia do Goleiro, uma das funções dentro de campo mais importantes do futebol.

No Vasco da Gama, diversos nomes da posição fizeram história no Clube, cada um sua época. Com isso, o site Vasco Notícias lista oito grandes nomes da posição que passaram por São Januário. Confira.

Barbosa
Considerado por muitos como o maior goleiro que o Vasco já teve e um dos principais da história do futebol brasileiro, atuou pelo Cruzmaltino entre as décadas de 40 e 60, fazendo parte do lendário Expresso da Vitória. Foi campeão do Campeonato Sul-Americano de 1948 e titular da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1950, disputada no Brasil. Outros títulos pelo Gigante da Colina foram seis Cariocas (1945, 1947, 1949, 1950, 1952 e 1958) e um Rio-São Paulo (1958).

Andrada
Argentino nascido em Rosário, atuou pelo Vasco entre 1969 e 1975. Marcou época no Gigante da Colina, além de sua qualidade, por ser o goleiro titular do primeiro Campeonato Brasileiro conquistado pela equipe, em 1974, com Roberto Dinamite. Paralelamente, ficou famoso por ter sido o arqueiro que sofreu o milésimo gol de Pelé, no Maracanã, em seu primeiro ano de Clube. Também foi campeão carioca pelo Cruzmaltino, em 1970.

Mazarópi
Também campeão brasileiro em 1974, como reserva, assumiu a titularidade após a saída de Andrada, permanecendo no Vasco até 1984. Venceu o Campeonato Carioca em 1977 e 1982.

Acácio
Tricampeão carioca, em 1982, 1987 e 1988, marcou seu nome na história do Vasco por ser o titular da meta cruzmaltina no segundo título brasileiro, conquistado em 1989, na equipe que tinha Luís Carlos Winck, Bismarck, Bebeto, Sorato, entre outros.

Carlos Germano
Certamente um dos maiores nomes da posição na história do Vasco, fazendo parte da era de ouro cruzmaltina no final dos anos 90, embalando três títulos importantes em sequência: Brasileirão de 1997, Libertadores de 1998 e Rio São-Paulo de 1999. Além disso, foi tetracampeão carioca (1992, 1993, 1994 e 1998). Em 98, inclusive, foi vice-campeão mundial pela Seleção, na Copa do Mundo disputada na França.

Helton
A elasticidade e a boa colocação fizeram do então jovem de 22 anos o goleiro titular absoluto do Vasco na vitoriosa temporada de 2000, de Romário, Euller, Juninho Pernambucano, Juninho Paulista e companhia, que culminou com o título brasileiro e com a conquista da Copa Mercosul na inesquecível virada por 4×3 sobre o Palmeiras.

Fernando Prass
Criticado por alguns, mas adorado por muitos outros, a ”Muralha da Colina”, como era carinhosamente chamado pela torcida, atuou pelo Vasco por quatro temporadas e foi titular no inédito título da Copa do Brasil, em 2011. Antes disso, foi campeão da Série B, em 2009.

Martín Silva
Bicampeão carioca (2015 e 2016), o goleiro uruguaio é questionado por não ter ganho nenhum título de expressiva relevância enquanto esteve em São Januário, mas não há como negar sua idolatria. Atuou pelo Vasco entre 2014 e 2018, na grande maioria das vezes como titular, perdendo a vaga apenas na reta final de sua passagem. Nesse período de tempo, vale ressaltar, disputou as Copa do Mundo de 2014 e 2018.

Leia mais sobreDia do Goleiro
1 comentário
  • José+Ricardo+Mattos+stavale - 27 de abril de 2021

    JAGUARE
    FOI TALVEZ O MAIOR NOME ENTRE TODOS OS GOLEIROS DO VASCO

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de junho de 2021
Brant lamenta distanciamento com atual diretoria do Vasco: ‘Não estamos na gestão’

Julio Brant, líder da Sempre Vasco, afirmou não pensar em ser VP de futebol do Vasco da Gama por ”nunca ter sido convidado para a festa”.

Ação contra o rebaixamento do Vasco é encaminhada ao presidente do TJ-RJ

A ação em que um torcedor pede o cancelamento do rebaixamento do Vasco da Gama foi encaminhada ao presidente do TJ-RJ.

Mesmo pressionado, Cabo conta com apoio do elenco do Vasco

Apesar do mau momento atual, elenco do Vasco da Gama simpatiza com o trabalho de Marcelo Cabo e também com seu jeito de ser no dia a dia.

Sempre Vasco critica montagem do elenco para a Série B e diz que ‘quer ajudar’

Grupo político de Julio Brant criticou o atual elenco do Vasco da Gama e se colocou à disposição de Salgado para ajudar no que for preciso.

Vasco encara o Athletico-PR nesta sexta pelo Brasileiro Sub-17; SporTV transmite

Athletico-PR e Vasco da Gama se enfrentam nesta sexta-feira (18), às 19h, no CT do Caju, em Curitiba, pela 7ª rodada do Brasileiro Sub-17.

Vasco foi derrotado pelo CRB na última vez que enfrentou o time alagoano

Último Vasco da Gama x CRB aconteceu em outubro de 2016, em São Januário, também pela Série B, e equipe alagoana saiu vitoriosa por 2×1.

Nos últimos 200 jogos, Vasco teve menos de 50% de aproveitamento

Aproveitamento do Vasco da Gama nas últimas 200 partidas, que contam desde 2018, foi de 46,33%; foram 74 vitórias, 56 empates e 70 derrotas.

17 de junho de 2021
Marcelo Cabo tem mais que o dobro de vitórias em comparação a derrotas no Vasco

Em 21 jogos comandando o Vasco da Gama, Cabo tem 9 vitórias, 8 empates e 4 derrotas; aproveitamento é de 55,5%.

Vasco encerra 4ª rodada da Série B em 15º lugar e a apenas 1 ponto do Z4

Com 4 pontos conquistados em 12 disputados, o Vasco da Gama está a apenas 1 do Vitória, primeira equipe da zona de rebaixamento da Série B.

4-4-2 ou outro! Vasco precisa sair do 4-3-3 de ‘conforto’ e testar um esquema diferente

As opções são limitadas, mas qualidade não é o único problema do Vasco da Gama, que precisa sair da zona de conforto testar outro esquema.

Veja mais notícias