Vasco perde pela 1ª vez para o Ceará em São Januário e na história do Brasileiro

Acachapante derrota do Vasco da Gama por 4x1 para o Ceará nesta segunda-feira (30) entrou para a história do confronto.

Raphael Fernandes
Por Raphael Fernandes
-  30 de novembro de 2020 às 21:02-  Atualizada em 30 de novembro de 2020 às 21:05
Andrey durante o jogo contra o Ceará
Andrey durante o jogo contra o Ceará (Foto: JORGE RODRIGUES/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO)
data-full-width-responsive="true"

A acachapante derrota do Vasco da Gama por 4×1 para o Ceará na noite desta segunda-feira (30), em São Januário, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, entrou para a história do confronto.

Isso porque foi a primeira vez, em 17 partidas, que o Cruzmaltino perdeu para o time cearense pelo Brasileirão. Até então, eram nove vitórias do Gigante da Colina e sete empates.

Além disso, em nove jogos disputados até hoje em São Januário levando em consideração toda a história dos duelos entre as duas equipes, também foi a primeira vitória do Vozão. Anteriormente, eram seis triunfos do Vasco e duas vezes que o placar terminou em igualdade.

O resultado negativo desta segunda manteve o Vasco na zona de rebaixamento do Brasileiro, ocupando a 17ª colocação, com 24 pontos. Agora, a equipe volta a campo pelo torneio no próximo domingo (06), às 16h, diante do Grêmio, em Porto Alegre, pela 24ª rodada.

Antes disso, no entanto, na quinta (03), às 21h30min, novamente em São Januário, o Cruzmaltino tem partida decisiva contra o Defensa y Justicia-ARG, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, na semana passada, empate em 1×1, o que garante ao Gigante a vaga à próxima fase se o confronto terminar 0x0. Em caso de 1×1, a disputa da vaga vai para os pênaltis. Qualquer outro empate beneficia o time argentino.