Conmebol impede Vasco de fazer homenagem a Maradona

Conmebol não permitiu que o Vasco da Gama se manifestasse pela morte do craque argentino, Diego Armando Maradona.

Avatar
Por Altair Alves
-  27 de novembro de 2020 às 00:02-  Atualizada em 27 de novembro de 2020 às 00:10
Norberto Tomaghello, estádio do Defensa y Justicia

O Vasco da Gama havia preparado uma homenagem ao craque argentino, Diego Armando Maradona, falecido nesta quarta-feira (26), antes da bola rolar para o jogo entre Vasco da Gama e Defensa y Justicia nesta quinta-feira (26), porém, a Conmebol não permitiu que o Clube se manifestasse pela morte do atleta, alegando que não houve tempo hábil para o ato ser inserido no protocolo da entidade.

A ideia do Gigante da Colina era entrar em campo com uma bandeira Argentina carregada pelo goleiro Lucão e bolas envoltas com laços negros de luto levadas pelos atletas vascaínos.

Pelo Twitter, o Vasco lamentou o ocorrido

Vasco e Defensa y Justicia empataram em 1×1 pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na pártida de volta, na próxima quinta-feira, o Cruzmaltino joga por um empate sem gols ou qualquer vitória.

Leia Mais Sobre