Conheça Ramón Rafagnelli, estrangeiro com mais títulos na história do Vasco

Ramón Rafagnelli, que defendeu o Vasco da Gama entre 1943 e 1948, foi o jogador estrangeiro que mais conquistou títulos pelo Clube.

Avatar
Por Tauan Montalvão
-  5 de março de 2021 às 14:55-  Atualizada em 5 de março de 2021 às 14:55
Rafagnelli, ex-jogador do Vasco
Rafagnelli, ex-jogador do Vasco (Foto: reprodução/Estude o Vasco)
data-full-width-responsive="true"

CENTENÁRIO DE RAFAGNELLI Hoje comemoramos o nascimento do argentino Ramón Roque Rafagnelli, ídolo vascaíno da década de 40 e o estrangeiro com mais títulos da história do Gigante. Trajetória (thread) e números (imagem) do xerife do Expresso.

Rafagnelli foi revelado pelo Unión da Argentina em 1941, e jogou pelo time de Santa Fé até pelo menos abril de 1943. Foi cobiçado por River e Boca, mas acabou sendo comprado pelo Vasco de Ondino Vieira. [A imagem da direita é do dia 18 de Abril de 1943.

Rafagnelli estreou pelo Vasco no dia 28 de Agosto de 1943, numa goleada vascaína sobre o Bonsucesso pelo Campeonato Carioca, e desde então se firmou na titularidade do time que em 2 anos seria apelidado de “Expresso da Vitória”.

No final de 1945, em matéria ao jornal El Litoral de Santa Fé, Rafagnelli é destacado como um dos melhores zagueiros do Brasil. O jornal ainda comparou o futebol do Vasco ao da Lá Máquina do River Plate, e aponta que o time era conhecido como “El Expresso”.

Em 45 e 47 foi um dos grandes destaques dos títulos cariocas invictos do Vasco, sendo eleito pelo O Globo Sportivo como melhor zagueiro pela esquerda do campeonato nos dois anos. [Imagens de 47 e 45, respectivamente].

Rafagnelli atuou em 5 das 6 partidas do Vasco pelo Sul-Americano de Campeões em 48. Por causa de uma lesão, não atuou contra o Colo-Colo, e apesar de ter se recuperado rápido, a comissão vascaína considerou arriscado que ele começasse a decisão contra o River.

O argentino acabou entrando aos 19 minutos do 2º tempo da decisão no lugar de Wilson, que saiu lesionado. Ele manteve o bom nível de atuação de seu companheiro e ajudou o Vasco a conquistar o título sul-americano.

Não se sabe exatamente o porquê, mas Rafagnelli jogou pouquíssimas vezes no resto da temporada de 48. Muitos acreditam que ele tenha se desentendido com Flávio Costa por não ter começado o jogo contra o River e por isso teria perdido espaço no time.

Rafagnelli jogou seus últimos jgs pelo Vasco no dia 4 de Julho pelo Torneio Início de 48, qdo ajudou o time a levantar a 2ª taça na temporada. Em 49, Rafagnelli, junto ao seu companheiro vascaíno Djalma, se transferiu para o Bangu. Encerraria sua carreira em 54, no Palmeiras.

É até hoje o estrangeiro com mais títulos pelo Vasco na história. Ainda é também o jogador argentino de linha com mais partidas e vitórias vestindo a camisa cruzmaltina.

Leia Mais Sobre