Taça Guanabara - 1ª Rodada
São Januário
  • Vasco
  • 0
  • x
  • 1
  • Portuguesa-RJ

Começou 2021! Vasco estreia perdendo para a Portuguesa-RJ

O Vasco da Gama perdeu por 1x0 para a Portuguesa-RJ na estreia da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.

Anderson Montalvão
Por Anderson Montalvão
-  3 de março de 2021 às 22:59-  Atualizada em 3 de março de 2021 às 23:12
Gabriel Pec em jogo contra a Portuguesa-RJ
Gabriel Pec em jogo contra a Portuguesa-RJ (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco )
data-full-width-responsive="true"

Jogando com a equipe Sub-20, o Vasco foi superado pela Portuguesa por 1 a 0 na estreia do Campeonato Carioca 2021. Como previsto na preparação de início de temporada do Gigante da Colina, os dois primeiros jogos da equipe na competição seriam disputados pela equipe Sub-20. O próximo compromisso da equipe pela competição, será diante do Volta Redonda, no próximo sábado (06/03), às 21h05, no Estádio Raulino de Oliveira.

O JOGO

O Vasco começou a partida estudando as ações do adversário e buscando sair em velocidade para o ataque. A primeira boa investida vascaína veio aos 17 minutos, Juninho tabelou com Vinícius e levantou a bola na área, procurando Tiago Reis. Antes da bola chegar ao camisa 9, a zaga adversária cortou na direção da meia-lua, Gabriel Pec pegou a sobra e acabou sendo travado pela zaga que cedeu o escanteio. Na cobrança, Ulisses subiu sozinho e cabeceou para fora.

Aos 27, Cayo Tenório lançou Gabriel Pec na direita, o camisa 11 cortou para o meio, passou por dois marcadores, arriscou a finalização que saiu fraca e parou na defesa do goleiro adversário. Aos 33, o adversário abriu o placar com Dilsinho de cabeça, após cobrança de escanteio: Portuguesa 1 a 0. Aos 46, Cayo Tenório tabelou com Lucas Santos, invadiu a área e tentou surpreender o goleiro, chutando forte cruzado. Porém acabou parando na boa defesa do adversário.

O Vasco iniciou a segunda etapa, tentando reverter o placar do jogo. Logo com pouco mais de 30 segundos, Matías avançou pelo meio, tentou a finalização que acabou estourando na marcação. Na sobra, MT chegou batendo de primeira e mandou por cima da meta. Aos 2 minutos, Gabriel Pec achou Figueiredo livre na entrada da área, o atacante tocou para Juninho que entrava também livre. O camisa 8 saiu cara a cara com o goleiro, sem ângulo para o chute e tentou achar um companheiro melhor colocado na marca do pênalti, porém a zaga adversária conseguiu afastar.

Aos 8, Caio Lopes dominou pelo meio e achou Laranjeira com liberdade próximo a área. O meia dominou, ajeitou e arriscou a finalização, que acabou parando na defesa do goleiro. Aos 10, Gabriel Pec cobrou falta próxima a área com muito perigo, por pouco não saiu o empate. No minuto seguinte, Cayo Tenório avançou até a linha de fundo e cruzou na entrada da pequena área, buscando Laranjeira. O meia chegou testando com força e a bola passou raspando a trave. Aos 14, Laranjeira recebeu de Caio Lopes e arriscou a finalização de longa distância, por pouco não fez o primeiro gol vascaíno.

Aos 41, Matías recebeu de João Pedro e acionou Gabriel Pec pelo lado direito. O camisa 11 dominou e arriscou a finalização que passou por cima da meta adversária. Aos 46, Figueiredo recebeu pela direita, avançou até invadir a área e arriscou a finalização cruzada, que passou perto da trave adversária.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 X 1 PORTUGUESA

Taça Guanabara – 1ª rodada

Local: São Januário (RJ)

Data: Quarta-feira, 03/03/2021

Horário: 21h (Brasília)

Árbitro: Alex Gomes Stefano

Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira Espósito e Guilherme Vogas Tavares

Cartões Amarelos: Ulisses (Vasco)

Gols: 33/1T Dilsinho

VASCO DA GAMA: Lucão, Cayo Tenório, Ulisses, Miranda e MT (João Pedro); Caio Lopes (Arthur), Juninho e Lucas Santos (Laranjeira); Vinícius (Matías), Tiago Reis (Figueiredo) e Gabriel Pec – Técnico: Diogo Siston

PORTUGUESA: Neguetti, Watson, Dilsinho, Guerra e Wellington Cezar; Luis Gustavo, Everton Heleno (Muniz) e Romarinho (Andrezinho); Chay, Emerson Carioca (Douglas Eskilo) e Hugo Cabral – Técnico: Felipe Surian

Fonte: Site Oficial do Vasco