Campello e Germano marcaram presença na inauguração da 1ª Capitania Vascaína em Brusque

Alexandre Campello e Carlos Germano marcaram presença na inauguração da 1ª Capitania Vascaína em Brusque, Santa Catarina.

Carlos Germano, Batista e Campello na live da Vasco TV
Carlos Germano, Batista e Campello na live da Vasco TV

Dezenas de vascaínos se reuniram na rua Desembargador Érico Torres, no bairro São Luiz, para acompanhar de perto a inauguração da primeira Capitania do Club de Regatas Vasco da Gama, um projeto oficial. A União Vasbrusque foi a torcida fundadora, capitaneada pelo torcedor Marcolan Batista.

Além da presença do presidente cruzmaltino, Alexandre Campello, os torcedores foram surpreendidos com a presença do ídolo Carlos Germano, goleiro que jogou no clube de 1990 a 1999. Conquistou, entre outros títulos, a Copa Libertadores de 1998 e o Campeonato Brasileiro de 1997. Os vascaínos aproveitaram para fazer uma sessão de fotos.

A apresentação e inauguração do Bar do Vasco, transmitida ao vivo pela VascoTV, contou com fogos de artifício e o tradicional grito de “casaca”, puxado por Alexandre Campello. Foi servido um churrasco para a inauguração. Até mesmo vascaínos de Blumenau e Joinville foram ao evento.

Campello e Germano também foram presenteados com novas camisas da União Vasbrusque, inspiradas no uniforme de 1988, ano de título carioca com um histórico gol de Cocada sobre o Flamengo. Nessa partida ele entrou aos 41 minutos, fez o gol da vitória aos 44 e foi expulso aos 45.

O espaço conta com serviços de bar e cozinha e estará aberto para os torcedores acompanharem jogos do time do coração, uma hora antes de cada partida. O Bar do Vasco deve estar aberto também às quintas-feiras e no final de semana.

“Somos vascaínos que se juntam para fazer os jogos, e principalmente para fazer algumas ações sociais. Fizemos o Natal Solidário no bairro Steffen, atendendo 350 crianças, campanha do agasalho com mais de 1 mil peças de roupa. Já arrecadamos 1,5 mil quilos de alimentos. O grupo leva o nome do Vasco à comunidade. E era nosso sonho ter uma sede para reunir nosso pessoal”, comenta Batista.

“É uma ação planejada já há muito tempo, mas esta gestão colocou de pé. É um reconhecimento à torcida vascaína de fora do Rio de Janeiro. Cerca de 70% dos nossos torcedores são de fora do Rio e Santa Catarina é um dos estados com mais vascaínos, e especialmente Brusque. E é um passo na aproximação dos nossos torcedores”, afirma Campello.

Palavra do ídolo

“Foi muito gratificante poder fazer a abertura da casa, que tá maravilhosa. Já era para eu ter vindo a Brusque antes, o Marcolan já havia feito este convite para mim e para o Sorato [ídolo do Vasco, autor do gol do título Brasileiro de 1989], mas com os problemas da pandemia, não deu certo. Estou feliz da vida. Porque o Vasco é espalhado pelo Brasil afora. Até fora do país. Para nós, que somos vascaínos, não tem coisa melhor. Esta é uma das metas do Vasco”, relata Carlos Germano. O atual preparador de goleiros do clube afirmou ainda que deve voltar em fevereiro, após o fim da temporada, em um encontro de torcedores e ex-jogadores.

Capitania

O projeto de Capitanias Vascaínas tem o objetivo de aproximar torcedores do Vasco de fora do Rio de Janeiro com o clube. Cada Capitania deve ser formada por, no mínimo, 30 sócios adimplentes do Clube, e será comandada pelo chamado “capitão”.

A cada dois anos, haverá uma eleição entre os sócios de cada capitania para eleger seu Capitão, que poderá se manter como líder por até dois mandatos consecutivos. A sede precisa ser de um município fora da região metropolitana do Rio de Janeiro, com espaço suficiente para reunir o número de membros e agregados de forma confortável e segura. Além disso, o local deve possuir TV ou telão e assinatura de canal pay-per-view com acesso aos jogos de futebol profissional e preferencialmente de outros esportes de expressão do Vasco.

Fonte: O Município

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
21 de janeiro de 2022
Gols e jogadas de Ianson, zagueiro cogitado no Vasco

Confira lances importantes de Ianson com a camisa do Brusque, seu clube atual; zagueiro teria sido oferecido ao Vasco da Gama.

Vasco estaria interessado no zagueiro Ianson, do Brusque

Defensor teria sido oferecido ao Vasco da Gama, que, ainda buscando um zagueiro para a temporada, analisa o nome.

20 de janeiro de 2022
Empresário diz que saída de Vanderlei do Vasco segue indefinida

Carlos Eduardo, que cuida da carreira do goleiro, inclusive, relembrou que Vanderlei tem contrato com o Vasco até o fim de 2022.

Confira a programação do Vasco até a estreia no Carioca, na próxima quarta-feira

Nesta sexta (21), por exemplo, o elenco do Vasco da Gama terá folga, voltando aos treinos no sábado (22) pela manhã.

Prestes a ser anunciado, Getúlio se diz ‘feliz demais’ por acerto com o Vasco

Atacante já esteve no CT Moacyr Barbosa e deve ser confirmado como novo reforço do Vasco da Gama nos próximos dias.

Vasco perde por 2 x 0 para o Audax-RJ em amistoso preparatório para o Carioca

Jogo-treino foi realizado no CT Moacyr Barbosa nesta quinta (20); Vasco da Gama estreia no Carioca na próxima quarta (26), contra o Voltaço.

Figueiredo concorre ao prêmio de craque da Copinha 2022

O atacante Figueiredo, do Vasco da Gama, está concorrendo ao prêmio de craque da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2022.

Fuzarca critica montagem do elenco do Vasco para 2022

Através de postagem no Twitter, o grupo Fuzarca criticou a montagem do elenco do Vasco da Gama para a temporada 2022.

Gui Neto fala sobre transformação digital no Vasco em 2022

Digital Manager do Vasco da Gama, Gui Neto falou sobre a transformação digital do Cruzmaltino prevista para o ano 2022.

Lisca se manifesta sobre o planejamento do Vasco para a temporada 2022

Lisca falou sobre o planejamento do Vasco da Gama para a temporada 2022, onde o Clube almeja voltar à Série A.

Veja mais notícias