Cabo exalta Arthur e defende Marquinhos Gabriel: ‘Continuará nos ajudando’

Marcelo Cabo destacou o amadurecimento de Arthur Sales; sobre Marquinhos, apesar da atuação aquém contra o Náutico, técnico valorizou o meia.

Arthur Sales durante o jogo contra o Náutico
Arthur Sales durante o jogo contra o Náutico (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Em sua tradicional entrevista coletiva pós-jogo, desta vez após o empate em 1×1 com o Náutico, neste domingo (18), em São Januário, o técnico Marcelo Cabo, além de elogiar o volante Juninho, comentou as atuações do atacante Arthur Sales e do meia Marquinhos Gabriel.

Sobre Arthur, que deu a assistência (e que passe, diga-se de passagem) para o gol de Morato, Cabo destacou a versatilidade do jogador nas funções de ataque e exaltou a evolução do jogador, que tem sido constantemente utilizado.

Sobre o Arthur, a ideia da entrada dele era deixar o time mais agudo. Ele pode jogar de beirada, de 9 ou de segundo atacante. Deu um passe magistral de calcanhar, tirou da cartola e empatamos. Uma pena que foi no final do jogo. Mas fico muito satisfeito com o crescimento e amadurecimento dele. Pela idade, é muito equilibrado nas tomadas de decisões.

Marcelo Cabo

Paralelamente, Cabo explicou o motivo pelo qual preferiu utilizar Arthur do que outros jogadores que estavam no banco e afirmou que, em sua opinião, Sales foi, de todos os que entraram, o que rendeu melhor.

– Tinha ele (Arthur), Daniel (Amorim) e Sarrafiore para entrar. Mas queria um meio termo, alguém que pudesse dar o passe e chegar na área pra finalizar. Por isso a escolha por ele. Para mim, das cinco substituições, foi quem entrou melhor – disse.

Marquinhos Gabriel

Já em relação a Marquinhos Gabriel, que não teve boa atuação na primeira etapa, Marcelo Cabo opinou que isso aconteceu pelo fato do jogador ter recuado muito para buscar jogo.

– Acho que o Marquinhos (Gabriel) não fez um bom primeiro tempo, mas melhorou bastante no segundo, conseguiu jogar nas entrelinhas. No primeiro, ele foi buscar muito a bola nos pés dos volantes e perdemos força ofensiva – disse.

Em contrapartida, Cabo elogiou a atuação do meia na segunda etapa, mesmo admitindo que o camisa 31 cruzmaltino tem condições de rende mais.

– Mesmo que ainda não tenha sido aquele Marquinhos que a gente sabe que pode render, ele teve entrega, se posicionou melhor no segundo tempo, criou boas alternativas, conseguiu ajudar a equipe a circular a bola… A expectativa é que ele continue nos ajudando no restante da temporada – concluiu.

Próximo jogo

O Vasco volta a campo na próxima quarta-feira (21), contra o CSA, às 21h30min, no Estádio Rei Pelé, em Alagoas. A partida é válida pela 13ª rodada da Série B.

9 comentários
  • JORGE PLAZA - 19 de julho de 2021

    Esse time parece um cata.cata de pelada, parece que não treinam juntos a muito tempo, esse REFUGO, tal de maquinhos gabriel (Com Letras Minuscula) mesmo é muito ruim, ninguém quer aí vem pro vasco pra depois botar na Justiça, como tantos outros rejeitados por ai. Só o Cabo acha que ele joga.

    JPlaza

    Responder
  • Marco Antonio Reis Paes - 19 de julho de 2021

    Resumo: O Marquinho Gabriel é um zero à esquerda;
    Ernando é fraquíssimo, não consegue tirar uma bola alçada na pequena área;
    Riquelme é infinitamente melhor do que Zeca;
    Gabriel Pec e Arthur Sales tem vaga nesse time;
    Vanderlei;
    Léo Matos, Dedé, Castan e Riquelme;
    Andrei, Galarza, MT e PEC;
    Arthur Sales e Cano.
    Essa é a minha escalação ideal para esse time do Vasco.

    Responder
    • Jair D’Aquino - 19 de julho de 2021

      O técnico é covarde. Só bota o time pra frente quando toma gol. Depois que toma gol, Inês é morta. Ele tá treinando o Vasco da Gama, não um time qualquer.

  • Yedo Coelho - 18 de julho de 2021

    Com esse técnico fica difícil, o cara é incompetente, com uma mlekada dessa no banco deixando esse tal de Marquinhos Gabriel e tirar o Gabriel PEC ou é cego ou… Outra coisa deixar Riquelme no banco com esses dois laterais limitados que ele usa. Prefiro MT improvisado que qualquer um deles.

    Responder
  • Valdimar Augusto de Medeiros - 18 de julho de 2021

    Se o Vasco jogasse em coletivo tinha feito uns três gols, a individualidade é um atraso em jogo coletivo, o treinador não tem poder sobre os jogadores.

    Responder
  • Wanderley da Silva - 18 de julho de 2021

    Técnico imbecil! Lamentando o fato da assistência feita pelo Arthur ter ocorrido no final! Sabe porquê foi no final? Foi por que o garoto só entrou no final! Enquanto isso, Marquinhos morto Gabriel e MT estavam sumidos em campo.
    Desse jeito, o Vasco não sobe!

    Responder
  • José de Ribamar Jorge Andrade - 18 de julho de 2021

    O problema é que o time ñ está jogando nada. Será que vc Cabo irá morrer abraçado com o Marquinho Gabriel

    Responder
  • Mauricio Sobrinho - 18 de julho de 2021

    Esse treinador de time de várzea, só pode está de brincadeira, o time do Vasco não joga nada, não ten esquema tatico, esse treinador é bom lábia, mas o time do Vasco não joga nada!👍🏾👍🏾

    Responder
  • Kleber - 18 de julho de 2021

    Esse cabo é retardado o marquinhos gabriel só fica andando em campo ele não corre atrás da bola e quando pega a bola parece que não tem força para chutar

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
Cristóvão ressalta importância de Juninho em retorno ao Vasco: ‘Salvou a gente muito’

O ex-técnico do Vasco da Gama, Cristóvão Borges, destacou a qualidade do ídolo Juninho Pernambucano na bola parada e o profissionalismo.

Confira entrevista de Ademar Braga sobre a atual situação do Vasco

Leia a entrevista de Ademar Braga, ex-preparador-físico do Vasco da Gama, sobre a situação que o Clube vive neste momento.

Vasco TV mostra como foi a palestra sobre racismo para os garotos da base; assista

Confira agora trechos da palestra socioeducativa sobre racismo assistida pelos garotos do Sub-15 e Sub-17 do Vasco da Gama.

STJD detalha punição ao Vasco por objetos arremessados em São Januário

O Vasco da Gama recebeu uma multa de R$ 5 mil devido aos objetos arremessados pelos torcedores na derrota para o CSA.

Alexandre Mattos cita demora em contato como motivo de não acerto com o Vasco

O diretor executivo Alexandre Mattos ainda negou que o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, tenha o perguntado sobre a carreira.

Confira a escalação do Vasco contra o LGD/Karanba pelo Carioca Feminino Sub-18

Veja a escalação do Vasco da Gama para o jogo contra o LGD/Karanba pelo Campeonato Carioca Feminino Sub-18.

Carol Paiffer assina documento de sigilo e se reunirá com o Vasco nesta quinta-feira

A investidora Carol Paiffer se reunirá com o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, além do CEO Luiz Mello, nesta quinta-feira.

Eduardo Freeland confirma sondagem do Vasco, mas seguirá no Botafogo

O diretor executivo do Botafogo, Eduardo Freeland, disse que houve uma conversa de presidentes, mas que seguirá no projeto botafoguense.

Torcedor adiciona canguru em plano de sócio do Vasco

Gabriel Cavera, torcedor vascaíno que mora na Austrália, adicionou um canguru ao plano de sócio animal do Vasco da Gama.

Mesmo na Série B, Vasco segue entre os preferidos de investidores árabes

O Vasco da Gama figura ‘lista’ de preferência de bilionários árabes que querem investir no futebol brasileiro.

Veja mais notícias