Benítez retornará aos treinos e pode reforçar o Vasco contra o Ceará

Recuperado da Covid-19, Martín Benítez é aguardado para treinar neste sábado e pode retornar ao Vasco contra o Ceará.

Martín Benítez em jogo contra o Flamengo
Martín Benítez em jogo contra o Flamengo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Vasco também lamenta a ausência de seu camisa 10 argentino. Benítez pode não chegar perto do que foi Maradona, que morreu na quarta-feira passada, mas tem feito muita falta sempre que não consegue entrar em campo. Neste sábado, recuperado da Covid-19, é aguardado para treinar no CT do Almirante. É o primeiro passo para retornar à equipe titular.

O jogador seguirá monitorado de perto pelo departamento médico e pela preparação física. Dependendo do desempenho que tiver nos treinos de sábado e domingo, será titular na partida contra o Ceará, na segunda-feira, em São Januário.

Na pior das hipóteses, pode começar o jogo no banco de reservas. Foi o que aconteceu com Leandro Castan depois que o capitão também testou positivo para o vírus.

A tendência, porém, é que a comissão técnica aposte em Benítez de saída. Por causa do coronavírus, ele perdeu as partidas contra Fortaleza, São Paulo e Defensa y Justicia. Não por coincidência, três empates em que o time de São Januário mostrou grandes dificuldades para criar chances de gol. Na última vitória do Vasco, sobre o Sport, ele esteve em campo.

Aos poucos, o Cruz-Maltino vai se remontando após tantos casos da Covid-19. O próximo na fila é Talles Magno, que testou positivo dia 20 e aguarda completar dez dias de quarentena antes de se reapresentar para os treinos e a realização de novos testes.

O jogador está com sintomas leves da doença, apenas fadiga e dor de cabeça, e se tudo der certo, poderá ser relacionado pelo técnico português técnico Ricardo Sá Pinto para a partida de volta das oitavas de final da Sul-Americana, dia 3 de dezembro, em São Januário. Empate em 0 a 0 classifica o Vasco às quartas de final.

Negociação em compasso de espera

O tempo passa sem que o Vasco consiga uma definição a respeito do futuro de Martín Benítez em São Januário. O clube negociava com o Independiente a compra dos direitos econômicos do jogador, mas a incerteza quanto ao próximo presidente cruz-maltino afeta as tratativas.

A atual diretoria acertou valores e prazos para confirmar a transação: tem até o próximo dia 15 para efetuar a compra de 60% dos direitos econômicos do meia. Assim que o imbróglio político teve início, Alexandre Campello chegou a dizer que teria de esperar saber quem seria o próximo mandatário do clube para consultá-lo a respeito do interesse de manter ou não o argentino.

Paralelamente, Luiz Roberto Leven Siano, que venceu a votação do dia 7, que está sub judice, atravessou Campello e tentou negociar a permanência de Benítez.

Fonte: Extra Online

3 comentários
  • PAULO VICTOR VIEIRA DA SILVA - 30 de novembro de 2020

    Paciência!? É uma coisa que nenhum vascaíno tem mais, Leven Siano pelo que mostra nos seus projetos de gestão, é só mais 1 que continuará direcionando o Vasco a andar de lado.

    Responder
  • Liberato pereira da Silva filho - 29 de novembro de 2020

    Benites fez e faz muita falta ao time do Vasco pela técnica e garra dentro do campo ,mas Castan ,este não faz tanta falta assim ,é o zagueiro que mas cometeu faltas e pênaltis no futebol brasileiro .passou da hora de ficar no banco ,mas os outros são melhores ou craques ? ….Não ,a diferença é que não cometem tantas faltas e falhas na cobertura e posicionamento .Mas quem teria coragem de barra-lo ,Sá Pinto que ainda não si encontrou em S.Januário ,lembrando que o Vasco continua flutuando na zona de rebaixamento .

    Responder
  • OsvaoOo Silva da Cruz - 28 de novembro de 2020

    Vascaínos temos q ter paciência aos poucos vamos se erguendo, o problema é essa justiça que é cega e só anda falhando, o nosso Presidente é Leven, bati logo o martelo, demora tanto p depois bater, acaba c a agonia dos vascaínos!!!

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de setembro de 2021
Vasco projeta 8 mil ingressos contra o Goiás e 11 mil diante do Coritiba; preço reduzirá

O Vasco da Gama tem o intuito de atingir os 50% de ocupação liberados pela prefeitura no jogo contra o Coritiba, pela 30ª rodada da Série B.

Castan e Graça buscam sequência em dupla antiga, mas pouco usada no Vasco

Zagueiros mais antigos do elenco do Vasco da Gama, Leandro Castan e Ricardo Graça jogaram juntos poucas vezes ao longo dos anos.

Presidente do Fluminense cita caos político no Vasco em comentário sobre voto online

Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, colocou a situação política do Vasco da Gama nos últimos anos como um exemplo a não ser seguido.

Nenê celebra reestreia pelo Vasco e destaca participação em gol: ‘Muito feliz’

O meio-campista do Vasco da Gama, Nenê, teve uma boa reestreia e se mostrou muito satisfeito em ter participado do gol diante do CRB.

Luxemburgo cumprirá suspensão e Cruzeiro será comandado do Belletti contra o Vasco

O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, foi expulso contra o Operário-PR e não vai reencontrar o Vasco da Gama neste domingo.

17 de setembro de 2021
Título, acesso e rebaixamento: as probabilidades do Vasco na Série B

O Vasco da Gama diminuiu as chances de acesso e título com o empate diante do Brasil de Pelotas, pela 24ª rodada da Série B.

Leven detona gestão por disponibilizar apenas mil ingressos no domingo: ‘Burros!’

Decisão da diretoria do Vasco da Gama de levar somente mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro revoltou Leven Siano.

Saiba como será a venda de ingressos para o jogo entre Vasco x Cruzeiro

Veja todos os detalhes que cercam a venda de ingressos e os requisitos necessários para estar em São Januário no jogo contra o Cruzeiro.

Ingresso de Vasco x Cruzeiro custará R$ 250 e será apenas para sócios; Osório explica

O Vasco da Gama deve aumentar a carga de ingressos para os jogos posteriores e ainda reduzir o preço visando maior presença de torcedores.

Presidente do Fluminense explica saída de Nenê: ‘Todas as partes ficaram felizes’

Segundo Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, o meio-campista Nenê pediu um vínculo mais longo, o que o Vasco da Gama queria oferecer.

Veja mais notícias