Álvaro Pacheco é o 1º técnico a sair do Vasco sem conquistar uma vitória 

Treinador que veio de Portugal, para o Brasil, Álvaro Pacheco ficou menos de um mês no comando técnico do Vasco da Gama.

Álvaro Pacheco em jogo contra o Juventude
Álvaro Pacheco em jogo contra o Juventude (Foto: Luiz Erbes/AGIF)

Durou pouco o trabalho de Álvaro Pacheco no Vasco. Anunciado como treinador da equipe no dia 21 de maio, ele foi demitido nesta quinta-feira, exatos 30 dias depois. Nesse tempo, foram quatro partidas disputadas, com três derrotas (para Flamengo, Palmeiras e Juventude) e um empate (com o Cruzeiro).

O português de 52 anos deixa o Vasco sem ter conquistado uma vitória sequer, portanto. Desde 2003, início da era dos pontos corridos no Brasileirão, isso jamais havia acontecido no Vasco, de acordo com levantamento do Espião Estatístico.O Vasco teve 36 treinadores diferentes nesse período.

Álvaro Pacheco, por muito pouco, também não ficou marcado por outra marca negativa: ele agora é o segundo treinador do Vasco com a passagem mais curta desde 2003. O português perde apenas para Celso Roth, que em 2010 ficou 26 dias no comando do clube – na ocasião, Roth disputou cinco partidas, com uma vitória, um empate e três derrotas.

Veja o top-5 treinadores do Vasco com passagens mais curtas

  • Celso Roth, 2010 – 26 dias (5 jogos)
  • Álvaro Pacheco, 2024 – 30 dias (4 jogos)
  • Valdir Espinosa, 2007 – 40 dias (6 jogos)
  • Maurício Souza, 2022 – 41 dias (8 jogos)
  • Tita, 2008 – 42 dias (9 jogos)

No futebol brasileiro, são inúmeros casos de passagens mais curtas que a de Álvaro Pacheco. O mais recente é o de Cuca, que no ano passado ficou apenas sete dias no comando do Corinthians. Foram apenas dois jogos disputados na ocasião.

Sem Álvaro Pacheco, o Vasco será comandado interinamente por Rafael Paiva neste sábado, na partida contra o São Paulo, em São Januário, pela 11ª rodada do Brasileirão.

Fonte: Globo Esporte

Mais sobre:Álvaro Pacheco
1 comentário
  • Responder

    Foi uma contratação no escuro como daquele transloucado português do Sá , esta do Álvaro Pacheco sem qualquer currículo de peso que o recomendasse para ser treinador de um clube como o Vasco da Gama e , parte da torcida embarcou nesta chamando-o de Mister , comprando boinas como as que usa o português , talvez pensando que estaria vindo um novo aquele que passou pelo Flamengo , do Botafogo ou este que está no Palmeiras e , deu no deu .O gajo pode ser bom de vender bacalhau ou vinho , mas como treinador ainda é um péssimo imitador .

Comente

Veja também
Coutinho em reestreia pelo Vasco
Rafael Paiva indica como deve escalar Coutinho nas próximas partidas

Cria do Vasco da Gama, Philippe Coutinho estreou contra o Atlético-MG, neste domingo, na Arena MRV, pelo Brasileiro.

Coutinho em jogo contra o Atlético-MG
Estreias de Coutinho, Emerson e Alex aumentam opções de Rafael Paiva no Vasco

Vasco da Gama promoveu as entradas de Coutinho, Emerson e Alex e ampliou as escolhas de elenco do técnico Rafael Paiva.

Coutinho em reestreia pelo Vasco
Veja números de Philippe Coutinho em sua reestreia pelo Vasco

Craque do Vasco da Gama, Philippe Coutinho voltou a vestir a camisa do Gigante da Colina na derrota para o Atlético-MG.

Jogadores do Vasco contra o Atlético-MG
Vasco não consegue repetir boas atuações defensivas em derrota para o Atlético MG

Defesa do Vasco da Gama teve falhas cruciais na derrota para o Atlético-MG, neste domingo (21), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Emerson Rodriguez é apresentado pelo Vasco
‘Horroroso’ e ‘constrangedor’: vascaínos detonam estreia de Emerson Rodríguez

Atacante colombiando, Emerson Rodríguez estreou pelo Vasco da Gama na derrota deste domingo (21), para o Atlético-MG.