Além de Ricardo Graça, Luxemburgo perdeu Rossi por 1 mês em 2019 por apendicite

Em 2019, Luxemburgo teve o desfalque de Rossi, no Vasco da Gama, por apendicite, o mesmo que aconteceu com Ricardo Graça na última quinta.

Avatar
Por Tauan Montalvão
-  8 de janeiro de 2021 às 09:23-  Atualizada em 8 de janeiro de 2021 às 09:26
Luxemburgo, Ricardo Graça e Rossi com a camisa do Vasco

Pouco tempo antes da partida contra o Atlético-GO na última quinta-feira (07), o Vasco da Gama teve o desfalque do zagueiro Ricardo Graça.

Com fortes dores abdominais, o zagueiro retornou com um dos médicos do Clube ao Rio de Janeiro, onde foi diagnosticado com apendicite aguda.

O jogo em Goiânia marcou a estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo, que retornou ao Gigante depois da sua última passagem pelo Palmeiras.

Em 2019, no Vasco da Gama, Luxa teve um desfalque na reta final do Brasileiro pelo mesmo problema. O atacante Rossi, que hoje defende o Bahia, também foi diagnosticado com apendicite.

Apesar de causar incômodo, a apendicite não é uma doença tão grave. Ricardo Graça, assim como Rossi em 2019, precisará de algumas semanas de repouso para se recuperar e voltar a servir o Gigante da Colina.