777 repensa reforma do Moacyr Barbosa e Vasco pode ter novo CT; entenda a situação

Impasse sobre cessão do espaço onde está o atual CT pode fazer o Vasco da Gama ganhar em breve um novo local para treinamentos.

Executivos da 777 Partners no gramado do CT Moacyr Barbosa
Jorge Salgado e Josh Wander no gramado do CT Moacyr Barbosa (Foto: Daniel Ramalho/CRVG)

Antes prioridade da 777 Partners, a reforma e ampliação do centro de treinamentos Moacyr Barbosa não tem data para ser colocada em prática pela empresa americana. Isso porque o Vasco esbarra na regularização do terreno na Cidade de Deus e estuda, inclusive, a busca por outro CT caso não consiga uma solução junto à Prefeitura do Rio.

– É um terreno municipal, onde a prefeitura passou à associação dentro de algumas regras. Existe uma série de problemas de transferência de propriedade. A gente tem conversado bastante com a prefeitura nesse sentido. Eu não posso fazer um investimento grande no CT sem ter a total propriedade desse terreno – destacou o CEO Luiz Mello na última quarta-feira.

Prioridade da 777

Ainda na negociação para aquisição da SAF do Vasco, o grupo americano colocou no topo do planejamento as melhorias no CT Moacyr Barbosa. O plano era destinar uma parte dos recursos para a modernização e ampliação do local de treinos. O investimento na estrutura é compreendido como uma das bases para a melhora da performance dentro de campo.

– Adorei tudo o que vi no CT e como o Vasco está construindo seu futuro. Gostei muito das instalações, dos campos, da academia e vamos aproveitar a visita para começar a ampliação em termos de campos e novos prédios. Fiquei realmente impressionado – disse Josh Wander, dono da 777, em visita ao clube em março do ano passado, ainda no início das tratativas para compra da SAF.

Em setembro, após a aprovação da venda da SAF pelos sócios, Josh voltou ao Rio de Janeiro e ao centro de treinamentos. Na ocasião, o Vasco comunicou que os executivos da 777 e dirigentes do clube se reuniram ”para tratar das futuras melhorias que serão feitas no CT Moacyr Barbosa”. O vereador Alexandre Isquierdo, que esteve à frente das tratativas entre clube e prefeitura, também participou da discussão.

Melhorias tímidas

Não é que a 777 não tenha investido no CT. Pelo contrário, ao fim da Série B no ano passado, a SAF realizou melhorias na estrutura do centro de treinamentos. Mas as obras estão longe do que foi falado.

O estacionamento de funcionários e visitantes, que antes era de terra batida, agora é todo calçado. Os campos também passaram por melhorias e há planejamento de ampliação do gramado. A academia ganhou mais espaço, e o Departamento de Saúde e Performance recebeu novos equipamentos.

Hoje, o CT Moacyr Barbosa conta com dois campos, vestiário, academia, refeitório, departamento médico e parte administrativa – isso ocupa nem metade do terreno que mede 70m² na Cidade de Deus. O clube antes da 777 tinha como planejamento a construção de mais quatro campos, um mini estádio com capacidade para 2 mil pessoas e um hotel/alojamento.

– A gente vem conversando para ter a segurança jurídica necessária e fazer esse primeiro investimento dentro do CT profissional – pontuou Luiz Mello.

O que é necessário para o investimento?

Quando o CEO fala que precisa de uma segurança jurídica da Prefeitura do Rio de Janeiro é porque o terreno onde fica localizado o CT do Vasco foi cedido pelo Governo Municipal.

A SAF entende que o terreno pode ser retirado do clube a qualquer momento e, desta forma, a 777 não vê viabilidade em investir uma alta quantia na reforma e ampliação. A conversa com a prefeitura é para que o Vasco obtenha toda a documentação necessária que lhe garanta a propriedade do local.

– Estamos conversando, mas não é simples. Tentamos buscar o equilíbrio. Como é que vou chegar na prefeitura e dizer ”ou você me dá essa resposta até amanhã e faço todo investimento ou vou sair?” – questionou o CEO da SAF do Vasco.

Chance de mudança

As conversas com a prefeitura seguem, e o departamento jurídico do Vasco quer esgotar todas as possibilidades antes de desistir de vez do investimento no CT Moacyr Barbosa. Mas a chance de mudar o local de treinamentos é real.

A localização do atual espaço, na Cidade de Deus, também preocupa a 777, já que há operações frequentes na comunidade, o que coloca em risco a segurança dos funcionários do clube.

Caso não consiga resolver a situação junto ao Poder Executivo, a ideia é comprar outro terreno, também na zona oeste do Rio de Janeiro, e formar um novo CT.

– Primeiro vamos tentar esgotar com a prefeitura. Se for o caso, vamos buscar outro terreno – revelou Luiz Mello.

CT da base

É responsabilidade da 777 Partners reformar não só o CT Moacyr Barbosa, utilizado pelo elenco profissional, mas também o CT da base, em Duque de Caxias. Nesse caso, o Vasco também esbarra em dificuldades com o terreno, que é cedido pelo Governo Federal.

Neste ano, quando o Vasco foi a Brasília enfrentar o Nova Iguaçu, pelo Campeonato Carioca, dirigentes da SAF se reuniram com representantes da Secretaria de Patrimônio da União (SPU) para discutir o CT da Base Forte. Uma das possibilidades estudadas pelo clube é a compra do terreno, que nesse caso se enquadra no perfil de uma ”cessão onerosa”.

– O CT da base é mais complexo, porque ele é uma propriedade federal. É um terreno que incialmente era todo do Vasco, mas depois tivemos algumas aquisições por parte de outros entes municipais. A gente tem interesse. O CT é muito bem localizado, está a 15, 20 minutos de São Januário. Agregamos jogadores de uma área carente. Mas, novamente, não temos a segurança jurídica para fazer investimentos sem a certeza de que esse terreno será nosso – concluiu Luiz Mello.

As conversas com prefeitura e Governo Federal prometem se estender. Enquanto isso, a promessa por uma ampla reforma em estrutura para o time profissional e para a base não sairá do papel.

Fonte: Globo Esporte

Estamos no Google NotíciasSiga-nos!
Comente

Veja também
Rossi na zona mista após Vasco 5 x 1 Coritiba
Rossi celebra assistência e minimiza atrito com Soteldo

Titular do Vasco da Gama na estreia diante do Grêmio, Rossi fala sobre a sua atuação e relembra episódio com Soteldo.

Cavalinho do Vasco e Tadeu Schmidt
Veja o Cavalinho do Vasco no Fantástico após vitória sobre o Grêmio

Após vitória do Vasco da Gama na estreia do Campeonato Brasileiro, o Cavalinho do Gigante da Colina marcou presença no Fantástico.

Payet comemorando gol pelo Vasco
Líder! Payet motiva elenco do Vasco antes de vitória sobre o Grêmio

O meio-campista do Vasco da Gama, Dimitri Payet, motivou o elenco no vestiário antes de a bola rolar e acompanhou em camarote.

Hugo Moura chega ao Rio para assinar com o Vasco
Contratação de Hugo Moura rende milhões ao Flamengo; volante está no Rio

O volante Hugo Moura desembarcou no Rio de Janeiro para dar seguinte aos trâmites para ser anunciado pelo Vasco da Gama.

Pedrinho na Sede Náutica da Lagoa
Pedrinho teria cobrado débitos da 777 com o Vasco; empresa negou estar devendo

O presidente do Vasco da Gama, Pedrinha, ainda teria pedido garantias do pagamento do aporte de setembro no valor de R$ 270 milhões.