Vasco volta a treinar com portões abertos e cobertura da imprensa

O Vasco voltou a treinar com os portões abertos e com acesso liberado para a imprensa, algo que não acontecia desde 2014.

O primeiro dia de ofício da gestão Alexandre Campello foi de tentar implementar um sistema de mais democracia entre o clube e os torcedores e a imprensa. Em uma de suas primeiras medidas, a diretoria iniciou o desbloqueio dos internautas que haviam sido impedidos de interagir com os canais oficiais do clube sob o comando de Eurico Miranda. Já os jornalistas puderam acompanhar o treinamento após quatro meses de proibição.

Os repórteres puderam se acomodar no setor social de São Januário, algo que não acontecia desde 2014, ainda quando Roberto Dinamite presidia o Vasco.

Ambas as determinações já haviam sido anunciadas durante a posse de Campello que ocorreu nesta segunda-feira, na sede náutica do clube, na Lagoa (RJ).

Entre as questões emergenciais, a nova diretoria foca totalmente na principal: quitar os dois meses de salários atrasados, férias e 13.

A promessa é pagar uma folha nesta sexta e o restante até o dia 5 de fevereiro.

Leia mais sobre: Vasco x Cabofriense,

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »