Veja qual foi o gol mais bonito do Vasco eleito pela torcida

O gol de Roberto Dinamite pelo Vasco da Gama contra o Botafogo pelo Carioca de 1976 foi eleito o mais bonito pela torcida.

Qual o gol mais bonito da história do seu time? Ao longo da última semana, o GloboEsporte.com fez esta pergunta para 18 torcidas do futebol brasileiro: Athletico-PR, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, Sport e Vasco. Agora, eis a resposta!

Para cada clube, foram 10 pré-selecionados pela redação de esporte da Globo. O critério foi a beleza dos gols, independentemente da importância ou do autor. Nos dias de votação, teve disputa acirrada, virada e até uma promessa que fez uma torcida se mobilizar na internet - Fred disse que voltaria ao Fluminense caso vencesse.

Veja abaixo os vencedores e como ficou o pódio de cada clube. E agora damos mais uma missão: qual dos 18 é o maior golaço? Vote!

Vasco: Roberto Dinamite (x Botafogo, Campeonato Carioca 1976)

1 - Roberto Dinamite (x Botafogo, 1976) - 28,03%

2 - Edmundo (x Manchester United, 2000) - 23,30%

3 - Juninho Pernambucano (x River Plate, 1998) - 21,01%

Curiosidades sobre a enquete:

O mais antigo dos eleitos foi o gol de Roberto Dinamite, em 1976. Os mais recentes foram de 2019: Rony, Leandro Carvalho e Arrascaeta.

O ano de 2019 foi o mais repetido entre os vencedores. Logo atrás, com dois gols cada, estão 2002, 2011 e 2012.

Neymar e Diego Souza, respectivamente por Santos e Sport, foram os únicos que concorreram com três gols no mesmo clube. Só o primeiro venceu uma enquete.

Diego Souza ainda apareceu como concorrente em três diferentes listas: Palmeiras, Sport e Vasco. Dodô conseguiu o mesmo feito, em Botafogo, Fluminense e Santos. Nenhum venceu.

O único a concorrer por três clubes diferentes e sair vencedor em um deles foi Alex, eleito como golaço do Palmeiras e vencido nas votações de Coritiba e Cruzeiro.

Quatro vencedores também concorreram com outras camisas: Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG e Grêmio), Sérgio Alves (Bahia e Fortaleza), Everton Ribeiro (Cruzeiro e Coritiba) e Arrascaeta (Flamengo e Cruzeiro).

A disputa mais acirrada foi no Botafogo, com Hyuri batendo Mendonça com apenas 2,38% de diferença.

A vitória com a mais larga vantagem foi de Fred, no Fluminense: 84,42% contra 4,28% de Rivellino.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »