Vasco faz acordo com Éder Luís e pagará R$ 3,95 milhões

O Vasco da Gama fez um acordo com Éder Luís na Justiça e pagará a quantia de R$ 3,95 milhões ao atacante via Ato Trabalhista.

A noite desta quinta-feira foi de notícia importante no Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1) para o Vasco. O clube chegou a acordo com Eder Luis, ex-jogador cruz-maltino, e deu fim a ação milionária que corria na Justiça desde 2017. O Esporte News Mundo teve acesso a detalhes do caso. Pelo acordo, o clube presidido por Alexandre Campello desembolsará a quantia líquida de R$ 3,95 milhões a Eder Luis. Pelo combinado, o pagamento da totalidade será via Ato Trabalhista.

O acordo foi homologado no fim da noite desta quinta pela juíza Debora Blaichman Bassan, da 59ª Vara do Trabalho do Rio do TRT-1. O valor do acordo entre o Vasco e Eder Luis é referente a verbas de natureza indenizatória. A divisão para que fosse possível chegar ao montante total da dívida foi feita da seguinte forma: férias indenizadas acrescidas de 1/3 (R$ 350 mil), depósitos do FGTS (R$ 950 mil), multa do artigo 477 da CLT (R$ 260 mil), multa do artigo 467 da CLT (R$ 650 mil), indenização sobre direito de imagem (R$ 740 mil) e indenização sobre direito de arena (R$ 1 milhão).

Com a camisa do Vasco, Eder Luis teve duas passagens – entre os anos de 2010 e 2013 e 2015 a 2017. Na soma destes dois períodos em São Januário, o jogador entrou em campo em 210 jogos – sendo 98 vitórias, 54 empates e 58 derrotas -, e balançou as redes adversárias em 30 oportunidades.

Vasco faz acordo com Éder Luís

Leia mais sobre: Éder Luís

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »