Vasco e Flu fazem final com duelo dos melhores ataques da Taça Guanabara

Adversários da final deste domingo, Vasco da Gama e Fluminense têm os dois melhores ataques da Taça Guanabara 2019.

Apesar das polêmicas extracampo envolvendo quem ficará com o setor sul do Maracanã, o clássico entre Fluminense e Vasco também envolve futebol. O duelo válido pela final da Taça Guanabara, neste domingo, às 17h, coloca à frente os dois melhores ataques da competição: o Tricolor, líder no quesito, contra os Cruz-maltinos, vice-líderes, mas com 100% de aproveitamento no torneio. A partida terá transmissão em tempo real pelo LANCE!.

O Fluminense tem o melhor ataque do torneio com 13 gols marcados. Na temporada, é o melhor do Rio de Janeiro com 18 - venceu o River-PI por 5 a 0 na Copa do Brasil. A boa fase do setor ofensivo tem nome. Ou melhor, tem três. O trio formado por Luciano, Everaldo e Yony Gonzalez é a principal esperança de título do Tricolor na final da Taça Guanabara.

Na média, o Fluminense anota 2,8 gols por partida. O trio é responsável por 64,7% dos gols na temporada – ao todo, anotaram juntos 12 dos 18. Já no Carioca, anotaram nove dos 13, o que equivale a 67% dos gols. O mais importante deles veio dos pés de Luciano, que colocou o Tricolor na final ao marcar contra o Flamengo, aos 47 minutos do segundo tempo. Ao LANCE!, Luciano destacou que é importante que todos os jogadores estejam bem.

- É importante ser decisivo. Mas o coletivo é quem vence o jogo. Procuro colaborar pra termos o resultado a nosso favor, seja ajudando a defesa, dando assistências ou marcando gols. Que possamos fazer o melhor jogo na final pra chegar ao nosso primeiro objetivo da temporada - afirmou.

- Trabalhamos duro pra chegar até a final e estamos focados nessa decisão. Pra mim é sempre especial estar em campo pelo Fluminense. A nossa doação será total e esperamos conquistar esse título pelo clube, companheiros e torcida - completou.

Outro ponto a favor do Fluminense é o sistema defensivo. Dois atletas da defesa também são responsáveis por dar esperança pelo título da Taça Guanabara: Digão e Matheus Ferraz. Os zagueiros que, juntos, ainda não sofreram gols, foram colocados à prova contra o Flamengo e tiveram boa atuação. A ideia é repetir esse cenário pelo título.

O Vasco, por sua vez, possui o segundo melhor ataque do Campeonato Carioca, com 12 gols marcados. Em toda a temporada, o Cruz-Maltino balançou a rede em 14 oportunidades, o que representa que o ataque da equipe comandada por Alberto Valentim também pode se destacar na final da Taça Guanabara. Nos últimos jogos, o treinador vem colocando um trio de ataque formado por Yago Pikachu, Marrony e Maxi López.

Dos três, o que aparece em melhor fase nesse início de temporada é Marrony. O jovem, criado nas categorias de base do clube, participou de 42% dos gols marcados nesse Campeonato Carioca, balançando as redes quatro vezes e dando uma assistência. No geral, contando o Estadual e a partida contra a Juazeirense, pela Copa do Brasil, o Vasco possui a média de 2,3 tentos por jogo.

- O Vasco está preparado, respeitando sempre o adversário, mas quem quer ser campeão tem que jogar bola. Meu prato de comida é o Vasco e assim espero que corra tudo bem na final - afirmou o jovem atacante.

Quando o assunto é defesa, o Vasco se destaca mais ainda. O Cruz-Maltino levou dois gols nessa Taça Guanabara - ambos contra o Volta Redonda, pela segunda rodada, possuindo o melhor sistema defensivo da competição até aqui. A dupla Leandro Castan e Werley confirma a evolução que ocorre desde o fim do último Brasileirão e é um dos pontos altos da equipe.

Leia mais sobre: Vasco x Fluminense, Campeonato Carioca

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »