Vasco deve dar parte da premiação do Brasileiro em acordo com a União

O Vasco da Gama está negociando para parcelar as dívidas ativas com a União que geraram uma penhora de R$ 35 milhões.

Nesta semana, o Vasco da Gama foi surpreendido logo com dois problemas com a Justiça: a premiação pela 12ª posição no Campeonato Brasileiro (cerca de R$ 15 milhões) e o Complexo de São Januário foram penhorados por dívidas com a União Federal.

Para resolver as questões, o Vasco está negociando um novo acordo para parcelar as dívidas ativas que geraram as penhoras que geram em torno de R$ 35 milhões. Segundo o jornalista David Nascimento, do Lance!, as conversas estão em fase final e o Clube deve dar como entrada R$ 10 milhões da premiação do Campeonato Brasileiro.

- Sobre Vasco/União: clube está em fase final de negociação de um novo acordo para parcelar as Dívidas Ativas que geraram nos últimos dias penhoras que giram em R$ 35 milhões. Como entrada, R$ 10 milhões da premiação do Brasileiro. Após isso, as penhoras devem ser suspensas na JFRJ.

O Vasco espera que tudo seja resolvido em breve e que as penhoras sejam retiradas pela Justiça Federal. Porém, a perda de boa quantia da premiação do Campeonato Brasileiro atrapalhará os planos do Clube em usar o dinheiro para acertar as pendências atrasadas com jogadores e funcionários.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »