Súmula de Flamengo x Vasco relata confusão e ofensa de dirigente do Urubu

O árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou em súmula diversas confusões durante e após o clássico, e ofensas de Paulo Pelaipe.

O clássico carioca entre Flamengo e Vasco foi muito movimentado, claro. No entanto, muito além até mesmo dos oito gols que selaram o empate em 4 a 4.

Na súmula da partida, o árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou diversas confusões durante os 90 minutos e após o fim do jogo, mas principalmente após o apito final.

Ainda dentro de campo, um "tumulto generalizado" envolvendo atletas, comissões técnicas e pessoas não identificadas começou a se formar, porém foi controlado pelos próprios envolvidos.

Mas não parou por aí: No túnel de acesso ao vestiário, outra confusão entre jogadores e comissão técnica. Mas desta vez foram necessários os serviços policiais do local para separar os envolvidos.

E, por último, enquanto se dirigiam ao vestiário, a equipe de arbitragem escutou Paulo Pelaipe, diretor de futebol do Flamengo, entonar em alto e bom som: "Wilton, seu safado, pega esse escudo da Fifa e enfia no seu **".

Por conta disso, Pelaipe corre risco de punição em caso de denúncia ao STJD por parte de Wilton Pereira Sampaio.

Além das confusões pós-jogo, o árbitro relata em duas oportunidades a torcida do Flamengo arremessando copos e "líquidos" dentro de campo.

A primeira aos 16 minutos da primeira etapa, quando um jogador vascaíno tentava cobrar um escanteio. E a outro aos 48 minutos do segundo tempo, quando Ribamar marcou o gol de empate. Os torcedores atrás do banco de reservas do Vasco arremessaram "líquidos" nos jogadores que comemoravam.

Leia mais sobre: Vasco x Flamengo, Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »