Salários de Evander e Paulo Vitor serão pagos pelos novos clubes

Evander e Paulo Vitor foram emprestados para times da Europa, que arcará com os salários dos jogadores até junho de 2019.

A noite deste domingo foi de despedidas no Vasco. Em entrevista coletiva, o diretor executivo de futebol Alexandre Faria confirmou o empréstimo de dois jogadores, crias das categorias de base de São Januário, para a Europa: Evander e Paulo Vitor. Enquanto o meia se transfere ao Midtjylland, da Dinamarca, o atacante desembarcará na Espanha para defender o Albacete. Os vínculos de ambos serão por uma temporada europeia, até junho de 2019.

O Vasco não seguirá arcando com os salários de Evander e Paulo Vitor, que serão pagos integralmente por suas novas equipes. Alexandre Faria comentou sobre as negociações, afirmando que estas transferências são boas também para os jogadores, que como não estavam sendo aproveitados nos jogos do Vasco nos últimos meses, terão a oportunidade de ganhar rodagem e experiência no futebol internacional.

Logo após a confirmação de sua saída do Vasco, o meia Evander usou as redes sociais para se despedir do clube. O jogador destacou estar "indo buscar aprendizado, crescimento e amadurecimento" na Dinamarca. Por outro lado, disse ser "muito ruim e difícil pra se despedir nesse momento" por estar no clube desde os 8 anos de idade. No texto, Evander terminou dizendo que "ninguém nunca vai tirar do coração que toda a formação foi no Club de Regatas Vasco da Gama".

Evander, aos 20 anos, estreou nos profissionais o Vasco em 2016. Ao todo, o meia entrou em campo em 53 partidas e fez cinco gols - com 25 vitórias, 12 empates e 16 derrotas. Já Paulo Vitor, aos 19 anos, chegou ao Vasco em 2015, fazendo a estreia no profissional cruz-maltino dois anos mais tarde - ao todo, entrou em campo em 25 partidas e fez um gol - com nove vitórias, quatro empates e 12 derrotas.

Leia mais sobre: Evander, Paulo Vitor

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »