Ribamar destaca importância do 1º gol pelo Vasco e ganha elogios de Valentim

O atacante Ribamar destacou a importância do gol após cobrança da torcida vascaína e ganhou elogios do técnico Valentim.

Pouco mais de três anos separam dois gols importantes para o jovem atacante Ribamar, de 21 anos. Porém, a partir desta quarta-feira, dia 20 de fevereiro, eles se ligam por um único motivo: o Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo.

Foi lá que, em 2016, no Campeonato Carioca, quando ainda atuava pelo Botafogo, que Ribamar fechou o placar contra o Fluminense, na vitória por 2 a 0. Este havia sido o seu 1º gol como profissional.

E contra o Serra, em 2019, pela 2ª fase da Copa do Brasil, novamente brilhou a estrela do garoto Ribamar, que marcou o 2º gol cruzmaltino que selou a vitória sobre o Serra e garantiu o time na 3ª fase.

- O meu primeiro gol como profissional foi nesse estádio, tenho lembranças boas daqui. Quando eu entrei em campo e vi a torcida aplaudindo, então me motivou bastante pra entrar em campo, dar o meu melhor. Eu estava trabalhando muito o fundamento e graças a Deus consegui fazer o gol.

Ribamar sabe da responsabilidade de ser um dos homens de referência do técnico Alberto Valentim, e comentou sobre a importância do gol marcado contra o Serra, por conta de visibilidade que uma partida de Copa do Brasil pode causar em sua carreira.

- Um gol pra atacante é sempre importante. A torcida vinha cobrando bastante, eu até entendo, mas graças a Deus saiu o primeiro e agora é trabalhar bastante para sair o próximo. Fico muito feliz, porque foi um gol que eu esperava, meus companheiros esperavam, a torcida esperava muito e então eu fico muito alegre por ter ajudado a equipe com o gol e a classificação. Então agora é trabalhar pra gente conseguir coisas boas na competição.

Ribamar fez o primeiro gol pelo Vasco

Elogios do chefe

- Foi uma comemoração que ele teve. Nem chegou a falar nada. Fico feliz, porque há uma cobrança maior por se tratar de um camisa 9. E sabemos que ele nos ajudou muito e o gol não saía. Tínhamos conversado já. Todos sabíamos que o gol, uma hora ou outra, ia sair. Sabemos que todos da posição precisam fazer gol. Foi um carinho dos jogadores ali com ele - afirmou Alberto Valentim em coletiva de imprensa.

Leia mais sobre: Ribamar

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »