Milton Mendes guarda boas histórias no Vasco e lamenta problemas

O técnico Milton Mendes guarda boas lembranças do Vasco e lamentou os problemas repetidos que o Clube que o vive.

No dia 21 de agosto de 2017, Milton Mendes foi demitido do Vasco depois de ficar cinco rodadas sem vencer no Brasileiro. De lá para cá passaram pelo clube Zé Ricardo, Jorginho e agora Alberto Valentim, além do interino Valdir Bigode. Atualmente no comando do Sport, Milton se reencontra com o Cruz-Maltino no duelo deste sábado, às 19h, na Ilha do Retiro.

Pelo Vasco, o treinador teve como ponto alto a conquista da Taça Rio e acredita ter deixado amigos. Ele lembrou que, mesmo mais de um ano depois de sua saída, o clube continua a enfrentar problemas parecidos fora de campo.

- Foram muitas dificuldades. Até aquele momento éramos os melhores mandantes. Infelizmente os problemas políticos atrapalharam - disse Milton Mendes.

O Sport de Milton Mendes é o penúltimo colocado do Brasileiro com 27 pontos, sete a menos do que o Vasco.

Confira o bate-papo com Milton Mendes:

GloboEsporte.com: Qual a expectativa para reencontrar os jogadores e funcionários com quem você conviveu no ano passado?

Milton Mendes: A expectativa é a melhor possível. Tivemos momentos maravilhosos, como a conquista da Taça Rio. Teve essa molecada que está jogando agora e que eu tive o prazer de lançar no time principal. Já recebi mensagens dos massagistas perguntando se poderíamos nos encontrar... Então, é uma felicidade encontrar pessoas com quem eu convivi.

Do provável time titular, apenas Ramon e Pikachu faziam parte do seu elenco. Apesar de tantas mudanças dá para dizer que seu conhecimento do Vasco pode ser um trunfo no jogo deste sábado?

O Vasco sempre desenvolve bons trabalhos e tem bons jogadores. O Yago (Pikachu), Ramon, Cosendey... o Andrey não vai poder jogar... Trabalharam comigo. Houve muitas mudanças realmente, mas dentro da nossa casa, diante do nosso torcedor, nós vamos fazer nosso melhor, com muita vontade. Vamos tentar anular o que o Vasco tem de melhor.

Neste período após sua saída seguiu acompanhando o Vasco? O time pode ter mudado bastante, mas os problemas de ordem financeira e política são parecidos com os da sua época...

Foi bastante difícil para mim os problemas que surgiram da política. Perdemos seis mandos de campo, tivemos que jogar fora do Rio, onde nunca treinamos. Foram muitas dificuldades. Até aquele momento éramos os melhores mandantes. Infelizmente os problemas políticos atrapalharam. Espero que isso rapidamente passe.

O que esperar deste confronto direto de sábado? Acredita que o Vasco vai tentar propor o jogo mesmo dentro da Ilha ou vai tentar se aproveitar de eventuais espaços deixados pelo Sport?

Acredito que o Vasco, como sempre, vai propor o jogo, sair para o jogo. Vai ser bom. Nós também temos nossas armas e esperamos que as coisas aconteçam de uma forma positiva para nós. Sabemos das dificuldades, mas estamos preparados. Queremos que nosso torcedor vá ao estádio nos apoiar, porque eles são uma peça importante. Temos que estar todos unidos para conseguir o objetivo principal.

Leia mais sobre: Milton Mendes

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »