Júnior Lopes fala sobre retorno ao Vasco e manda mensagem à torcida

Aos 46 anos, Júnior Lopes se diz feliz em retornar ao Vasco da Gama após 17 anos e agradece a Campello e José Luís Moreira.

O Vasco anunciou a contratação de Júnior Lopes como novo auxiliar técnico. Nesta quarta-feira, o clube revelou em nota oficial que o acerto ocorreu após convite feito pelo vice de futebol José Luis Moreira. Júnior Lopes, que trabalhou em São Januário nas décadas de 1990 e 200, é filho de Antônio Lopes, anunciado na segunda-feira como coordenador técnico.

- Eu estou muito feliz com esse retorno. Trabalhei por quatro anos na base do Vasco e outro ano no profissional, sendo campeão carioca em 2003. Dei seguimento na minha carreira e agora estou voltando 17 anos depois. O que me deixou extremamente satisfeito foi que esse convite foi feito pelo Alexandre (Campello, Presidente) e o José Luís (Moreira, Vice de Futebol) com aprovação do Ramon. Recebi o convite no mesmo dia, mas tive que resolver algumas questões antes de oficializar. Hoje (quarta-feira) tudo foi resolvido e posso dizer oficialmente que estou de volta. Muito bacana da forma que tudo foi feito - disse Júnior Lopes em entrevista ao site do Vasco.

Após a saída de Abel Braga, o Vasco efetivou Ramon Menezes como técnico. Júnior Lopes, então, assumirá a vaga de auxiliar. Os dois trabalharam juntos no Vasco em 2002 e foram colegas em um curso da CBF recentemente.

- Nos últimos dois anos, em 2018 e 2019, eu e Ramon fomos companheiros de turma nos cursos de Licença Pró da CBF e sentávamos lado a lado. Sempre trocamos bastante ideia sobre futebol, sobre o Vasco. Fizemos quase todos os trabalhos de grupo juntos, pois eles eram sempre realizados por mesa. Fiquei muito feliz com esse convite dele e estou muito motivado para começar logo a trabalhar contou o auxiliar.

Júnior Lopes acumula passagens por grandes equipes do futebol nacional, casos de Cruzeiro, Flamengo, Palmeiras, Goiás, Grêmio e Athletico Paranaense, tendo nesse período a oportunidade de trabalhar, entre outros, com Vanderlei Luxemburgo e Mano Menezes. O auxiliar também possui em seu currículo uma trajetória de cinco anos na Seleção Brasileira.

Júnior Lopes é o novo auxiliar técnico do Vasco

Veja mais respostas do novo auxiliar do Vasco

Relação com Ramon Menezes

É uma satisfação muito grande. O Ramon é um cara que me dou bem desde a época que era jogador. Ele foi meu atleta também no Vasco, em 2002, e no Athletico Paranaense, em 2007. Nós sempre tivemos uma relação muito próxima, pois desde a época de jogador ele buscava muito essa parte tática, sempre foi um cara muito inteligente. Eu acho muito importante um auxiliar estar junto com os jogadores, ouvir o que eles pensam, ter um elo, até para que eles se sintam parte de todo o processo.

Elenco do Vasco

Eu acho essa mescla entre jovens e experientes muito interessante. É lógico que você trabalhar no dia a dia é totalmente diferente. Eu venho conversando constantemente com o Ramon, trocamos algumas ideias. A visão dele é muito melhor que a minha, por estar vivendo o clube há pouco mais de um ano. Ele conhece todos os atletas e isso vai ajudá-lo bastante. A minha visão é bem parecida com a dele, foi isso que deu para perceber durante o nosso papo.

É um grupo de qualidade e muito dedicado, que trabalha muito, pelo que ele me falou. É uma equipe com vários jovens jogadores de qualidade que estão pedindo passagem. No futebol, normalmente, essa mescla é o que traz resultado bom. O Vasco tem tudo para fazer um bom ano. Vamos recomeçar o ano após essa parada provocada pela pandemia e temos tudo para ter sucesso no decorrer da temporada.

Título do Campeonato Carioca de 2003

Eu brinco com o meu pai até hoje que eu fui o treinador campeão carioca (risos). Naquele jogo contra o Fluminense, ele foi expulso no primeiro tempo, quando a partida ainda estava 1 a 1. Eu era o auxiliar técnico na época e tive o prazer de assumir a equipe na sequência do jogo. Acabou que conseguimos vencer aquela final após aquele cruzamento de letra do Léo Lima. Foi um dos momentos mais marcantes da minha carreira.

Mensagem para o torcedor do Vasco

O torcedor tem que estar junto com a gente, acima de tudo. Ele deu várias provas no ano passado de que vai estar do lado quando for necessário. É uma torcida que leva o time nas costas, digamos assim. Eu fui em alguns jogos em São Januário no ano passado, e estava tudo muito bonito. A torcida abraçou e levantou o time. Tem que continuar sendo assim, dessa mesma. Houve uma quebra de uma corrente nesses primeiros jogos do ano, mas precisa voltar agora, pois teremos jogos importantes pela frente. Iremos nos preparar para fazer um bom Campeonato Brasileiro e tem a sequência da Sul-Americana. O próprio jogo da Copa do Brasil será um desafio. O Goiás veio aqui e nos venceu por 1 a 0, mas temos todas as condições de ir lá e reverter o placar. Estamos esperançosos com esse trabalho. Vamos fazer de tudo para levantar o clube novamente e ter um ano à altura do Vasco.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »