Jean comenta gritos de "pitbull" pela torcida e cita Guiñazu

Jean, agradecido pelo carinho, diz que gritos da torcida o motiva e descarta comentários que dizem que o deixa afobado.

O volante do Vasco da Gama, Jean, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira em São Januário. Entre assuntos, comentou sobre os gritos motivacionais da torcida quando realiza um desarme, e cita Guiñazu como exemplo.

"Já escutei, escuto sempre. Tem muito torcedor que acha que isso me deixa mais ansioso dentro de campo. 'Agora ele vai matar todo mundo' (risos). Não é assim! Tenho controle. As jogadas que faço, consigo escutar o grito, mas na hora da decisão não penso no que está vindo de fora. Mas penso no companheiro e em fazer o melhor. " disse o Jean, que continuou em seguida.

"Torcedor acha que vai me deixar empolgado demais e atrapalhar, pelo contrário. Filtro bem, é uma conexão entre jogador e torcida, e fico feliz demais. Chegar no Vasco, num clube dessa grandeza, único jogador que teve isso era o Guiñazú, e o cara era indiscutível.", disse concluindo.

Jean caiu rapidamente nas graças da torcida e acabou virando xodó. Com sua raça e precisão nos desarmes, vem sendo imprescindível nesse boa campanha do Vasco no Campeonato Brasileiro.

Leia mais sobre: Guiñazu, Jean

Comentários

Últimas notícias

Reforços do Vasco para 2019

Veja mais notícias »