Imprensa portuguesa repercute insultos raciais contra vascaínos na Bolívia

A imprensa portuguesa repercute os insultos raciais sofridos por jogadores Vasco durante o jogo contra o Oriente Petrolero.

O Vasco da Gama deixou a Bolívia, onde empatou a zero diante do Oriente Petrolero para a Taça Sul-Americana, com denúncia de insultos racistas.

"É triste ver que em pleno 2020 ainda observamos tantos casos de racismo no futebol. Não há mais espaço para este tipo de pensamento", escreveu o clube brasileiro nas redes sociais.

Em causa estão insultos dirigidos ao guarda-redes suplente, Alexander. No momento, os jogadores chamaram a atenção para os insultos vindos da bancada, mas o árbitro venezuelano José Vega ainda acabou por mostrar o cartão amarelo a Ricardo Graça, jogador do clube brasileiro.

Jogadores do Vasco sofreram preconceito na Bolívia

Leia mais sobre: Vasco x Oriente Petrolero, Futebol, Sul-Americana

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »