Fernando Miguel comenta diálogo com a diretoria sobre salários atrasados

O goleiro do Vasco da Gama, Fernando Miguel, ainda exaltou o elenco pelo empenho mesmo diante dos atrasos salariais.

O grupo é "brabo" mesmo, goleirão?

Tem sido constantes os elogios de lideranças do elenco aos jogadores do Vasco da Gama. Em entrevistas recentes, o zagueiro Leandro Castan, capitão da equipe, tem feito questão de mostrar o comprometimento de seus companheiros.

Na última segunda-feira (18) foi a vez de outra liderança, o goleiro Fernando Miguel. Em participação em live do canal Atenção, Vascaínos!, reproduzida pelo site Lancenet, o arqueiro de 35 anos disse que os jogadores estão procurando ajudar o Clube diante dos problemas financeiros, agravados pela pademia de Coronavírus (Covid-19), destacando o empenho do elenco mesmo com os salários atrasados.

- Sabemos que as soluções não são simples de acontecer. Procuramos facilitar a vida do clube, mas cientes de que este ano será muito difícil, diante deste momento que a humanidade tem enfrentado. De qualquer forma, temos de valorizar o empenho de todos os jogadores. Acredito que aquele que trabalha, que luta, pode crescer. Este grupo tem um potencial muito grande.

Fernando Miguel ainda explicou como tem sido o diálogo com a diretoria sobre os salários atrasados. O goleiro contou que, antes centralizado na época do técnico Vanderlei Luxemburgo, as conversas passaram a ser mais diretas entre diretoria e jogadores após a chegada de Abel Braga, que tinha um estilo diferente do seu antecessor no cargo. Ele ainda disse que Leandro Castan é quem tem tratado com o presidente Alexandre Campello, e vê que é preciso buscar equilíbrio e soluções para amenizar a situação.

- Tínhamos um diálogo mais centralizado quando era com o Vanderlei Luxemburgo, pois é o perfil dele. O Abel (Braga) tinha um perfil diferente, e o acordo ficou entre diretoria e atletas. Eu não tenho contato com o presidente. O Castan que direciona isso. Passamos a dificuldade que tem batido à porta de todos. Enquanto uns têm situações financeiras bem encaminhadas, outros jogadores estão iniciando agora, buscando melhores momentos. É preciso equilíbrio e achar soluções para amenizar os problemas que temos.

Fernando Miguel é uma das lideranças no elenco do Vasco

Com sérios problemas financeiros, o Vasco tem encontrado muita dificuldade para pagar os salários de jogadores e funcionários. Contando com a compreensão do elenco, o Vascão tem priorizado pagar aqueles com salários menores e que, consequentemente, encontram maiores problemas sem dinheiro na conta. Para se ter uma noção, os jogadores com maior custo ainda não receberam nenhuma das folhas em 2020.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas, Fernando Miguel

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »