Fatores que levaram o Vasco a vencer o CSA

O time do Vasco da Gama foi efetivo e conseguiu vencer o CSA por 3x0 neste domingo, no Rei Pelé, pelo Campeonato Brasileiro.

Deu praticamente tudo certo para o Vasco, neste domingo, na vitória por 3 a 0 sobre o CSA, no Estádio Rei Pelé. Mesmo com os desfalques e jogando fora de casa contra um concorrente direto contra o rebaixamento, o Cruz-Maltino sofreu poucos sustos em Maceió e conseguiu uma importante vitória para se afastar da "zona da confusão". Além de pouco sofrer atrás, o time foi efetivo e, pela primeira vez neste Brasileiro, marcou três gols numa partida.

Acabando com o jejum de quatro partidas sem vencer, o Vasco deu sinais de que pode ter uma reta final de Campeonato Brasileiro mais tranquila, sem sofrer tanto quanto sofreu na última temporada, quando só se livrou do rebaixamento na última rodada.

SEM SUSTOS

O CSA é um adversário difícil de ser batido no Rei Pelé: o time alagoano está sete jogos sem perder em casa. Assim, o Vasco precisou segurar o ímpeto do adversário no começo do jogo. E fez isso bem. Apesar de ter mais de 60% de posse de bola e ter conseguido dez finalizações, o goleiro Fernando Miguel só foi obrigado a fazer uma defesa difícil no primeiro tempo.

EFETIVO

Enquanto se defendia bem, o Vasco tentava ameaçar nos contra-ataques, mas Rossi e Ribamar não fizeram um bom primeiro tempo. Assim, o Vasco teve suas melhores chances em outras jogadas. Primeiro, chegou na bola parada, em ótima cobrança de falta de Felipe Ferreira, bem defendida por João Carlos. Depois, conseguiu marcar em um bom lance pela direita, que começou com um bom passe de Pikachu e terminou com uma linda jogada individual de Raul.

CONTROLOU O JOGO

Já com o placar a seu favor e sem sofrer tanto com uma tentativa de pressão do CSA, o Vasco passou a ter praticamente o controle do jogo no segundo tempo. Em nenhum momento o time se mostrou nervoso, o que atrapalhou o time nos últimos jogos. Assim, o Cruz-Maltino construiu o placar na etapa complementar. Na bola parada, com Henríquez, de cabeça, e no gol contra de Carlinhos, após cruzamento de Raul.

BOM SUBSTITUTO

Substituto do zagueiro e capitão Leandro Castan, Ricardo Graça teve uma boa atuação e, ao lado de Henríquez, ajudou a dar segurança a defesa do Vasco. E foi um bom sinal para Luxemburgo e a torcida cruz-maltina. Isto porque, como Castan foi suspenso por dois jogos, Ricardo também pode ser titular no clássico contra o Flamengo, na quarta-feira, se tiver condições de jogo - já que saiu de campo após sofrer uma pancada.

Leia mais sobre: Vasco x CSA, Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »