Euriquinho critica Faues Mussa por votação separada na Assembleia Geral

O grande benemérito do Vasco da Gama, Euriquinho, disse que as diretas sem a reforma não foram aprovadas no Conselho.

Um velho conhecido da política do Vasco da Gama também se manifestou sobre a questão da reforma do estatuto. Trata-se de Euriquinho, ex-vice-presidente de futebol e grande benemérito do Clube.

Por meio de publicação no Twitter, Euriquinho criticou o presidente ds Assembleia Geral do Vasco, Faues Mussa, pelo comunicado dizendo que a reunião do dia 25 deste mês dicutirá as eleições diretas e a reforma do estatuto separadamente.

Segundo Euriquinho, o fato de Faues Mussa ter convocado separado mostra que não há interesse na realização da AGE, e que ele também não respeitou o prazo de 60 dias do estatuto. O grande benemérito ainda destacou que as eleições diretas sem a reforma do estatuto não passou no Conselho Deliberativo.

- O comunicado do Presidente da AG, membro do grupo amarelo, só reforça a vontade do grupo de não termos eleições diretas. Comunicar uma assembleia geral que não condiz com o aprovado no CD só demonstra que eles não tem interesse em sua realização. Chega de jogar para galera. Sem contar que não respeita o prazo de 60 dias do estatuto e estamos no meio de uma pandemia!!! Eleições diretas sem a reforma do estatuto não foram aprovadas no CD e portanto não podem ser votadas. Para piorar sem respeitar o prazo estatutário. Eu já avisei isso tudo faz tempo. Para completar. Eu voto aberto em qq assembleia a favor das diretas!! Só para esclarecer!!! Elas são importantes para o clube!! Mas devem ser alcançadas pelo caminho certo ou não serão!!

Euriquinho criticou Faues Mussa por separação de temas na AGE

A discussão do momento na política tem sido em torno justamente nessa questão. Algumas correntes acreditam que a votação precisa ser separada, não concordando com pontos da reforma do estatuto, vendo que as eleições diretas é a grande prioridade do momento no Gigante.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas, Política

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »