Entrevista coletiva de Vanderlei Luxemburgo após o jogo contra o Avaí

Vanderlei Luxemburgo analisou o desempenho do Vasco da Gama no jogo contra o Avaí e valorizou o ponto conquistado.

O empate em 0 a 0 com o Avaí em Florianópolis ficou de bom tamanho para Vanderlei Luxemburgo, apesar de o técnico acreditar que o Vasco merecia uma vitória. Em entrevista coletiva após a partida, o treinador valorizou o ponto conquistado na Ressacada, mas alertou para as chances perdidas pelo Cruz-Maltino.

- Tivemos muitas possibilidades, chegamos na cara do goleiro várias vezes. A gente entende as coisas. Não vou fugir daquilo que coloquei desde que cheguei ao Vasco. Nosso campeonato é mais na parte de baixo da competição, temos que valorizar esse ponto, que lá na frente pode fazer falta. Por mais que tenhamos perdido oportunidades e podíamos ganhar o jogo, vou valorizar o ponto, porque lá na frente pode ajudar bastante - disse Luxemburgo.

Para justificar seu ponto de vista, o técnico fez uma comparação com o primeiro turno. Ele lembrou que, nas primeiras cinco rodadas, o Vasco fez apenas dois pontos. Agora, contra os mesmos adversários no returno do Campeonato Brasileiro, somou cinco. Agora, o Cruz-Maltino está em 14º lugar, com 28, a cinco da zona do rebaixamento.

- Pegarmos no primeiro turno, nessa rodada tínhamos dois pontos. Estamos chegando a essa rodada com cinco pontos. Do que tínhamos lá atrás, temos três pontos a mais. Fomos melhores nestes jogos do que no primeiro turno.

Sem muito tempo para treinar, Luxemburgo abriu também a possibilidade de mudar o time para o jogo contra o Fortaleza, no domingo, em São Januário. Ele mostrou preocupação com a recuperação física de seus jogadores.

- Tivemos um jogo difícil, já falei para eles terem um pijama training, porque o jogo de domingo o Fortaleza é muito bem treinado. Vamos jogar em casa e superar nossas dificuldades, nosso estado atlético, e eu posso fazer algumas mudanças nesse sentido de sequência de jogos, colocar um jogador mais fresco.

Luxemburgo durante jogo contra o Avaí

Veja outros trechos da entrevista de Vanderlei Luxemburgo:

Saída de Talles Magno

- A opção foi tática, porque ele não conseguia dar sequência às jogadas. Eu precisava de um outro tipo de jogo. No segundo tempo a proposta foi outra. Isso faz parte.

Proposta de jogo

- A proposta do primeiro tempo era contra o vento, então tínhamos de jogar mais fechadinhos, tocando a bola. Com a bola longa. Eu tenho o Ribamar que sai antes e chega depois. Ou sai depois e chega antes, no caso. Teve lançamentos do zagueiro para o Ribamar que ele fez o gol. Eu acho que a estratégia foi boa, mas só ganha jogo se você fizer gol. Se não ganhar, você não faz gol. Por mais que a estratégia tenha sido boa, não ganhamos porque não colocamos a bola para dentro.

Gols perdidos

- Contra o Santos tivemos o mesmo problema. Contra o Flamengo, a mesma coisa. Eu sou realista. Bem realista. O nosso time é esse, para estarmos ano que vem na primeira divisão. Se alguém me provar o contrário, dou a mão à palmatória. Mas tem de me provar. Se ganhássemos os jogos que tivemos tantas oportunidades de gols, estaríamos no G-4.

Leia mais sobre: Vasco x Avaí, Vanderlei Luxemburgo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »