Dinheiro da possível venda de Lucas Santos será usado para pagar salários

O Vasco da Gama está próximo de concretizar a venda de Lucas Santos, e o dinheiro servirá para pagar os salários atrasados.

Com sérios problemas financeiros, o Vasco está próximo de acertar a venda de mais uma jovem promessa da base. Trata-se de Lucas Santos, que recebeu uma nova proposta do CSKA, da Rússia. A oferta gira em torno de R$ 15 milhões, quase o triplo do valor oferecido na primeira investida dos russos. O meia, que estava relacionado para a partida desta noite, contra o Serra, pela Copa do Brasil, já até deixou a concentração. O Vasco possui 70% dos direitos econômicos do atleta e deve manter 20% do passe, podendo lucrar em uma futura negociação.

O diretor de futebol, Alexandre Faria, em entrevista ao site Globo Esporte, afirmou que a venda deve ser fechada nesta quinta-feira (21).

“O Vasco recebeu uma proposta do CSKA há cerca de um mês, que foi prontamente negada. Na última segunda-feira, eles fizeram uma nova proposta, com valores superiores ao anterior. As discussões avançaram e serão concluídas, ou não, até esta quinta-feira, pois a janela de transferências para a Rússia se encerra na sexta-feira”.

Lucas Santos foi o destaque do Vasco na Copa São Paulo de Futebol Júnior, marcando 5 gols e levando o time até a final da competição. O jogador será vendido tendo atuado pelo time profissional em apenas 4 jogos, nenhum como titular, somando apenas 69 minutos. No entanto, a venda de Lucas Santos vai render mais que a do Evander, que teve mais tempo no profissional. A negociação do meia para o Midtjylland, da Dinamarca, rendeu aos cofres vascaínos cerca de R$ 8 milhões, mais a manutenção de 14% dos direitos econômicos.

Caso seja concretizada a negociação pelos valores previstos, o Vasco vai alcançar cerca de R$ 26 milhões em vendas de atletas. Os R$ 15 milhões de Lucas Santos, seriam somados aos R$ 8 milhões de Evander, mais R$ 3 milhões do Desábato. A previsão da diretoria é conseguir R$ 30 milhões em 2019.

Dinheiro para pagar salários

O Vasco segue em dificuldades para o pagamento de salários. Neste dia 20 de fevereiro, vence mais um mês. Só para os funcionários, o clube deve dezembro, 13º e férias de 2017 e 2018, mais o salário de janeiro de 2019. Soma-se a isso os atrasos com os jogadores. Por conta disso, a venda de Lucas Santos se faz necessária para honrar os compromissos, uma vez que o empréstimo de R$ 38 milhões segue emperrado. Desse montante o Vasco já recebeu R$ 20 milhões e ainda negocia a liberação do restante.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »