Declarações de Leandro Castan na entrevista desta terça-feira

Confira abaixo as declarações do zagueiro Leandro Castan na entrevista coletiva desta terça-feira no CT do Almirante.

Castan: "Sabemos que o Eurico tem sua história no clube. Por respeito, passamos lá e falamos com ele. Por educação e respeito. É bom ter alguém assim nesse momento". 

Castan: "Chegamos a uma situação no campeonato de deixar isso (pressão) de lado. Pressão para mim foi quando fiquei na frente do médico e ele disse que eu tinha um tumor. Sempre sonhei em jogar futebol. Claro que é um momento difícil, mas cabe a nós sair disso".

Castan: "Quando jogamos ali não deu para sentir a torcida adversária. Não tem um lado preferido. Me sinto em casa (em São Januário)". 

Castan: "Toda criança quando nasce sonha em ser jogador de futebol. Não podemos ficar desanimados. Temos de ter alegria de vestir a camisa de um clube grande. Jogamos de igual para igual contra um dos melhores times do Brasil". 

Castan: "Jogar com o torcedor do nosso lado é muito mais fácil. Precisamos fazer nossa parte dentro de campo. Dentro de São Januário temos de ir para cima".

Castan: "Até falei para o Maxi que se ele quisesse dar esses pontos para a gente ajudaria bastante. Tem de estar todo mundo pronto. As oportunidades vão aparecer".

Castan: "Eu vi o fim do jogo. Confesso que não torci contra. Depende somente da gente. Temos de pensar na gente. Temos jogo importante amanhã e está nas nossas mãos".

Leia mais sobre: Leandro Castan

Comentários

Últimas notícias

Reforços do Vasco para 2019

Veja mais notícias »