Danilo Barcelos fala sobre Valentim, número 14, e outros assuntos

O lateral do Vasco da Gama, Danilo Barcelos, falou sobre Alberto Valentim, homenagem do número 14 e outros assuntos.

LANCES CURIOSOS NA CARREIRA

Na final da Copa do Nordeste eu fiz um gol. No Campeonato Mineiro eu estava na reserva, meu colega de quarto passou mal e saiu com 10 minutos de jogo. Entrei e fiz dois gols no primeiro jogo da final. Vários lances bacanas, esse do Rodinei vai ficar marcado. Estou vivendo um grande momento, estou feliz de vestir essa camisa.

VALENTIM

O Alberto tem um elenco de 30 e poucos jogadores que ele controla muito bem. O nosso treino é muito forte. Quem ele colocar vai estar pronto para ajudar o Vasco. Aqui não tem mudado muito, porque estamos comprometidos com a causa.

POUCAS CHANCES NO CLÁSSICO

Nosso maior rival, cria essa expectativa. É um jogo mais tenso, com mais confusão. É normal em todo lugar. Aqui obviamente maior pelo tamanho do jogo. Acredito que nosso time teve mais chances do que o Flamengo, pois ficamos bem postados no jogo. Ofensiva e defensivamente. Foi um jogo equilibrado. Se não fosse empate seria injusto pelo que apresentamos. Demos um espetáculo em campo.

NÚMERO 14

É uma homenagem ao número que uso. Tem muitas coisas sobre o ano de 2014. Foi minha primeira Série A pelo Sport, casei e fiquei sabendo da minha filha, que é a mais importante na nossa vida. Faz muita diferença para mim.

Leia mais sobre: Danilo Barcelos

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »