Confira as lições do Vasco para o jogo contra o Santos

O Vasco da Gama fará seu terceiro jogo contra o Santos nesta temporada neste domingo, no Pacaembu, pelo Brasileirão.

Depois de dois duelos pela quarta fase da Copa do Brasil, Vasco e Santos fazem o terceiro confronto em menos de 20 dias. Neste domingo, as equipes de Jorge Sampaoli e Marcos Valadares - em seu último jogo antes de entregar o time para Vanderlei Luxemburgo - se enfrentam no Pacaembu. Com uma vitória para cada lado, o primeiro jogo pelo Campeonato Brasileiro colocará frente a frente adversários que aprenderam lições nos encontros.

Na primeira partida, o Cruz-Maltino fez um bom primeiro tempo, equilibrou as ações e apostou no contra-ataque para construir oportunidades. Na segunda etapa, porém, o time vascaíno cansou e sofreu dois gols. A tônica do cansaço depois do intervalo vem se repetindo constantemente e atrapalhou o time na partida em São Januário. Os vascaínos abriram 2 a 0 na etapa inicial e acabaram sofrendo um gol.

O que fica de positivo para o Vasco são dois fatores: como a equipe conseguiu se impor contra um time de qualidade pelo menos no primeiro tempo dos dois jogos e a luta até o último minuto na partida de volta. Com uma semana cheia de treinamentos, Marcos Valadares teve mais tempo para concretizar possíveis mudanças ou estabelecer a forma como a equipe entrará em campo.

- Aquela partida serve de inspiração, claro. Busquei sempre trabalhar a ofensividade da equipe, pois é uma característica minha. Sempre procurei fazer o Sub-20 ter um jogo controlado, com a bola no pé e criando várias oportunidades. Nos últimos dois jogos, fomos ofensivos e criamos várias oportunidades de gol. Tivemos uma evolução no nosso desempenho. Agora temos que transformar essa melhora em resultados - declarou Marcos Valadares ao site oficial do Vasco.

A equipe deve ter algumas mudanças para o confronto, com as voltas do zagueiro Werley e do atacante Marrony, poupados no último confronto por desgaste físico. Valadares ainda esboçará a formação que pretende utilizar no duelo pela quarta rodada do Brasileirão.

- É mais um grande jogo. Tivemos uma sequência de partidas contra eles. Temos que ver o que fizemos de certo e errado e tentar anular o time deles para conquistar um grande resultado em São Paulo - avaliou o goleiro Sidão.

Quebra de tabu

Além da dificuldade de atuar fora de casa, o Vasco ainda precisará derrubar um tabu. O Cruz-Maltino nunca venceu o Santos jogando no Pacaembu. Já foram 12 confrontos no local. Foram nove vitórias santistas e três empates, com 31 gols marcados pelos paulistas e apenas cinco dos cariocas.

No histórico do confronto, a vantagem também é dos santistas. Pelo Campeonato Brasileiro, foram 67 jogos entre as equipes. O Santos venceu 24 vezes contra 20 vitórias do Vasco, além de 23 empates. No total, foram 123 partidas.

- Esses tabus são sempre uma oportunidade para serem quebrados. Não existe estádio que dá azar. Temos que entrar em campo focados - disse Sidão.

Leia mais sobre: Vasco x Santos, Campeonato Brasileiro, Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »