Confira análise das estreias de Castan, Maxi e Vinícius Araújo pelo Vasco

Confira uma análise das estreias do novos reforços Leandro Castan, Maxi López e Vinícius Araújo pelo Vasco da Gama.

A partida contra o Palmeiras, na noite do último domingo, quando o Vasco foi derrotado por 1 a 0 em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, marcou três estreias na equipe comandada por Jorginho. O zagueiro Leandro Castan, de titular, e os atacantes Maxi López e Vinícius Araújo, entrando aos 27 minutos do segundo tempo, fizeram a primeira partida pelo clube. Diante de toda a expectativa carregada, principalmente sobre os dois primeiros jogadores, o LANCE! analisa a partir de agora as primeiras impressões sobre o trabalho no trio na equipe.

Leandro Castan foi o que mais se sobressaiu dos estreantes. Apesar de não ter jogado no lado de origem, o zagueiro deu uma maior experiência ao setor defensivo - ajudando, inclusive, Ricardo Graça, companheiro de posição, que nos últimos jogos não vinha apresentando bons desempenhos. De acordo com o LANCE! Footstats, o zagueiro teve um desarme certo, 2% de perda de posse, 11% de rebatidas, 23 passes certos e apenas um errado. Taticamente, pecou no entrosamento em um geral, mas por ter sido estreia e ter experiência mundial, este ponto deve ser resolvido com o passar dos jogos.

Maxi López e Viniciús Araújo jogaram 22 minutos apenas, não tendo tempo suficiente para mostrar serviço. A dupla sofreu com a falta de entrosamento, mas compensou com posicionamento em campo. La Barbie apresentou qualidade nas brigas por ser centroavante de origem, mas ainda não está na sua forma física ideal. Já Vinícius, mais disposto, tentou dar um gás ofensivo. Pelas estatísticas, a estreia de Maxi e Vinícius não contou com finalização da dupla, com Maxi errando um passe e Vinícius, dois. Em coletiva após a partida, o então técnico Jorginho, demitido do Vasco no fim da noite da última segunda-feira, comentou sobre as estreias dos reforços.

- Ali fica difícil para o Leandro Castan jogar, já que é canhoto. Mas fez uma partida forte, firme e segura. O Palmeiras usou bastante o Deyverson, não poderíamos tirar o Castan dali. Cumpriu bem seu papel, mas com certeza é muito melhor pelo lado esquerdo. O Maxi López e o Vinícius Araújo entraram em uma situação já adversa, mas tentamos colocar mais força na área, até para os cruzamentos. O Vinicius tentou de todas as formas com sua velocidade. Nenhum dos dois comprometeu, mas não conseguimos encaixar um bom futebol no segundo tempo - afirmou o então treinador, no domingo passado.

Das contratações do Vasco, apenas o lateral-direito Lenon ainda não estreou. Em transição física, a expectativa é a de que ele esteja à disposição de quem for treinar a equipe para o jogo diante do Ceará, na segunda-feira, pelo Campeonato Brasileiro. Nesta partida, Leandro Castan, Maxi López e Vinícius Araújo já devem jogar juntos, como titular, desde o início, o que deve fazer apresentarem evolução em suas atuações. A primeira impressão não foi tão marcante quanto os torcedores do Vasco esperam, mas a expectativa com o ganho no entrosamento é que a melhora ocorra e eles passem a voar na Colina.

Leia mais sobre: Maxi López, Vinícius Araújo, Leandro Castan

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »