Carlos Germano lamenta saída de Martín Silva do Vasco

Carlos Germano disse que se já tivesse no Vasco, conversaria com o goleiro Martín Silva para tentar convencê-lo a ficar no Clube.

Novo coordenador da preparação de goleiros da base do Vasco, Carlos Germano participou na noite desta quinta-feira do Jogo das Estrelas, organizado por Zico, no Maracanã. O ídolo cruz-maltino comentou sobre a saída de Martín Silva, que, descontente com sua situação no clube no fim desta temporada, acertou sua ida para o Libertad, do Paraguai. Germano disse que tentaria a permanência do uruguaio.

Para ele, Martín teria um papel importante com sua experiência na reconstrução do time para 2019.

- Não dá para garantir, mas a gente ia conversar. Quem sabe se eu não tivesse chegado um pouquinho antes... Algumas coisas não se apagam da noite para o dia. Eu gostaria que ele continuasse pela importância que ele tem e pelo tempo que tem no clube. Ele é extremamente experiente e profissional. Acompanhei de perto em 2014. Neste momento de reconstrução do clube e da equipe, acho que ele seria uma peça fundamental - disse Germano.

Carlos Germano acredita que, mesmo que iniciasse a próxima temporada na reserva, teria todas as possibilidades de recuperar o posto de titular.

- Ele teve um momento conturbado no final do ano, foi bastante cobrado, mas nada que ele não pudesse reverter no ano que vem. Como sempre foi. Mas vamos torcer por ele. O Fernando Miguel foi muito bem. Agora que voltei ao Vasco vou poder conviver com ele e pegar uma amizade.

Além de Carlos Germano, o Vasco acertou com Ramon Menezes para ser auxiliar-técnico permanente do elenco profissional. Com isso, Valdir Bigode foi dispensado.

Leia mais sobre: Carlos Germano, Martín Silva

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »