Benjamin Back relembra conversa com Eurico em restaurante em 2016

O apresentador Benjamin Back contou detalhes do encontro com Eurico Miranda, que rendeu uma entrevista no programa.

O jeitão que conquistou Eurico no restaurante

Benja teve oportunidade de estar frente a frente com alguns personagens controversos, tanto fora quanto dentro do mundo do futebol. Um deles foi o ex-presidente do Vasco Eurico Miranda, que morreu em 12 de março deste ano.

O bate-papo com Eurico, que por muitas vezes declarou a imprensa como inimiga, dele e do Vasco, aconteceu em setembro de 2016. Eurico havia acabado de voltar à presidência do Vasco.

"Eu vinha todo domingo para o Rio pra apresentar o 'A Última Palavra'. Chegava, fazia o programa e segunda-feira, cedo, ia embora. O programa acabava às 23h30. Eu morava em um hotel aqui no Jardim Oceânico (Barra da Tijuca). Um dia, acabou o programa e ninguém queria jantar. Eu estava morrendo de fome. Perguntei pros caras do hotel: 'Tem algum restaurante aqui?'. Me mandaram para o restaurante ao lado. Cheguei lá, domingo, 23h45, meio vazio, sozinho. Quando eu vou passar no corredor, vejo o Eurico sentado sozinho, fumando um charuto".

Benja hesitou ao ver o dirigente com fama de quem não gosta da imprensa, mas foi cumprimentá-lo mesmo assim. "Falei: 'Puta, e agora?'. Os caras falavam que o Eurico era grosso, que maltratava jornalista. O que eu faço? Tenho que passar por ele. Ele tá sentado, fumando charuto. Eu vou fazer a minha parte, falar e cumprimentar. Se ele me tratar mal, tratou. Tem que respeitar porque é uma pessoa mais velha. Passei: 'Eurico, boa noite. Prazer, eu sou o Benja. Tudo bem com o senhor?'. Cara, estou vendo a cena hoje. Ele tava com charuto, olhou assim (para cima): 'Porra, gosto de você pra caralho'. Falei: 'É mesmo?'. 'Gosto, porra. Tu fala de futebol de uma forma que eu gosto. Legal pra caralho'. Falou assim! Nisso, ficamos 30 minutos conversando. Não tinha ninguém. Uma hora, peguei e falei: 'Eurico, você falou que gosta de mim. Gosta mesmo?'. 'Gosto, porra'. 'Me dá uma entrevista?'. Ele falou: 'Dou, não tem problema nenhum'".

Só tinham três condições: a entrevista tinha de ser no Rio, Eurico responderia o que quisesse e o programa tinha que ser ao vivo. Eu falei: 'Eurico, aí ferrou. Meu programa, Aqui com o Benja, não tem como fazer ao vivo, mas deixa eu te falar. Não tenho o menor interesse de editar qualquer coisa. Pra mim, quanto mais o senhor falar, melhor'. Ele disse: 'Tá bom, confio em você'

Leia mais sobre: Eurico Miranda

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »