Basquete: Vasco enfrenta o Joinville nesta segunda-feira pelo NBB

A equipe do Vasco da Gama enfrenta o Joinville nesta segunda-feira, às 19h, em busca de uma vaga nos playoffs do NBB.

Sinal de alerta ligado em São Januário. Na luta por uma vaga nos playoffs do NBB, o Vasco voltará à quadra nesta segunda-feira, às 19h, diante do Joinville, na casa do adversário. Será o segundo compromisso dos vascaínos no returno da competição, e logo contra um adversário direto na disputa pela vaga nos playoffs do maior campeonato de basquete do país. Na classificação, a equipe carioca está em décimo terceiro e penúltimo, com 18 pontos, 4 vitórias e 10 derrotas, a última delas no último dia 9, em casa, para o Bauru, por 88 a 82.

O técnico Alberto Bial está alertando seu grupo sobre a necessidade de ganhar fora de casa, para subir na tabela. No primeiro turno do NBB, em São Januário, o Vasco perdeu para o Joinville por 74 a 66.

"Nesta segunda rodada do returno, esperamos conseguir, além do desempenho, desta forma de jogar bastante competitiva, agressiva, de jogo coletivo, esperamos poder, em Joinville, buscar o resultado positivo. É um jogo muito importante dentro da classificação. Nós e eles estamos disputamos as últimas vagas para a classificação para os playoffs. Esperamos dar ao Vasco este resultado que tanto nos convém e que nos dará uma posição importante na tabela. E esta vitória nos dará uma confiança ainda maior dentro desta luta para avançar aos playoffs", analisou o técnico.

Apesar da derrota para o Bauru, Bial enxergou uma evolução no elenco, em comparação ao apresentado no primeiro turno:

"A gente viu a partida de volta ao returno com uma evolução muito grande. Senti agora uma equipe, verdadeiramente um grupo que se tornou um time de basquete. É uma equipe jogando com os conceitos próprios de um jogo de basquete, um esporte coletivo, e a equipe liderou 60% do jogo, teve condições de matar o jogo, mas não conseguiu. Tivemos pela frente uma equipe muito forte, atuando com atletas relevantes dentro do basquete brasileiro e que têm experiência nos Jogos Olímpicos, como Larry Taylor e Alex. Talvez tenha nos faltado um pouquinho mais de confiança em determinados momentos para matar o jogo, e a eles sobrou essa confiança naquele terceiro quarto fatídico. Mas estou muito orgulhoso do que a equipe apresentou, do crescimento da equipe."

Ao ser indagado sobre os problemas que a comissão técnica e o grupo enfrentaram, em especial no turno, em que alguns atletas deixaram o elenco e houve uma série de lesões, Bial se mostrou otimista quanto ao prosseguimento na liga.

"Em minha vida, olho e projeto as situações das minhas equipes não como problemas, mas como soluções", afirmou. "Sei que meus times sempre crescem nos playoffs, e pretendemos avançar no campeonato."

Pelo regulamento, avançam direto às quartas de final do NBB as equipes que fecharem a fase de classificação entre primeiro e quarto lugares. Os que obtiverem do quinto ao décimo-segundo lugar se enfrentarão nos playoffs de oitavas de final, para lutar por quatro vagas. Na sequência, já nas quartas, irão se enfrentar os quatro primeiros da fase classificatória e os quatro que ganharem os duelos nas oitavas.

Leia mais sobre: Basquete

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »