Andrey fala sobre início de trabalho, cobrança de Valentim e sondagens

O volante Andrey exaltou o início do trabalho do Vasco, cita cobranças de Alberto Valentim e sondagens no fim do ano.

Titular do Vasco nos últimos jogos do ano passado, Andrey sentiu de perto a pressão que foi a luta contra o rebaixamento e não quer passar por isso em 2019. É justamente a chegada de novos companheiros de equipe que faz com que o Vasco fique mais forte e brigue por objetivos maiores em 2019, segundo o jogador.

- Foram reforços pontuais, e o Vasco sobe de patamar. O grupo está bem fechado e podemos almejar coisas melhores. O grupo sabe da responsabilidade e temos que buscar qualquer competição.

Para ajudar no bom rendimento, o Vasco decidiu passar 10 dias em um hotel de luxo em Atibaia, interior de São Paulo, e isso foi elogiado por Andrey, que destacou o bom clima vivido entre os jogadores. Questionado se o estilo de cabelo já era influência de Máxi Lopez, ele brincou:

- Ele disse que vai raspar meu cabelo, pois só ele pode ter (risos). Mas eu ainda não cortei também porque não tive tempo.

Confira mais tópicos da entrevista:

Início de trabalho

Está sendo um tempo de aprendizado para o grupo, para o professor analisar cada um. O primeiro dia já foi muito bom. A gente fica feliz pela estrutura que o clube está nos oferecendo. Os hóspedes reconhecem nosso trabalho e existe um carinho da torcida do Vasco. Temos que levar como motivação

Cobrança de Valentim

É um cara que gosta muito de trabalhar e olhamos como um espelho. O grupo se motiva mais com ele motivado. Tenho certeza que faremos um grande ano.

Reforços do Flamengo

Sabemos que o rival está contratando, mas temos que pensar no Vasco. Se eles estão contratando é porque podem. Nosso objetivo é fazer um grande ano.

Sondagens no fim do ano

A gente escuta. Não vou ser hipócrita, mas essa parte eu deixo para meu empresário e para o presidente. Penso apenas em treinar.

Leia mais sobre: Andrey

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »