Evander revela inspiração na conquista de 74 para a disputa do Brasileiro

Evander diz que campanha de 1974 é bem parecida com a atual do Vasco e diz que quer recolocar o Vasco lugar que merece.

Evander nem sonhava em nascer quando o Vasco da Gama fez história em 1974 ao se tornar o primeiro clube do Rio de Janeiro a conquistar o Campeonato Brasileiro. Com sangue cruzmaltino correndo nas veias, o garoto, entretanto, sabe o que significou para o Almirante aquele título. Na ocasião, apesar de possuir em seu time nomes como Andrada, Alcir Portela, Zanata e Roberto Dinamite, o Gigante da Colina era considerado azarão na disputa. Dentro de campo, o Cruzmaltino superou o pessimismo dos especialistas e mostrou sua força.

A trajetória de sucesso e superação da geração pioneira em títulos nacionais no futebol carioca serve de inspiração para o atual elenco cruzmaltino. Assim como naquele ano, o Vasco da Gama não está na seleta lista de equipes consideradas favoritas ao título do Campeonato Brasileiro 2018. Com muito trabalho, comprometimento e dedicação, porém, o time vascaíno espera superar obstáculos e honrar suas tradições, mostrando assim, mais uma vez, que nada é impossível para quem carrega a cruz de malta no peito.

- Por ter vindo base, eu sempre escutei histórias sobre os títulos do Vasco. A desse título de 74 é muito interessante por se parecer com a nossa. No ano passado, ninguém dava nada pela gente, mas isso não nos abalou, seguimos trabalhando. Serviu de combustível para fazermos o melhor dentro de campo e alcançarmos o objetivo, que desde o início era ir para a Libertadores. Vamos procurar repetir esse desempenho nesse ano ou até, quem sabe, ir ainda mais longe, até porque queremos colocar nosso nome na história do Vasco, assim como eles já fizeram - afirmou Evander.

Aos 19 anos, Evander terá a missão de vestir a camisa 10 do Gigante da Colina durante o mais importante torneio nacional. O objetivo do garoto é repetir os passos de Roberto Dinamite, Bismarck, Edmundo e Juninho Paulista, que utilizaram o mesmo número e brilharam pelo Vasco da Gama nas felizes campanhas de 1974, 1989, 1997 e 2000. Ciente do tamanho da responsabilidade, o meio-campista se mostrou tranquilo.

- Como disse antes da nossa estreia na Libertadores, vestir a camisa 10 do Vasco é uma honra para mim, um sonho realizado. Meu grande objetivo é fazer história com ela e sei que para isso acontecer é preciso conquistar coisas grandes. Infelizmente, o título do Carioca não veio, mas não faltou luta de nenhum de nós. Estamos ainda mais motivados. Posso garantir que o nosso grupo fará tudo que estiver ao seu alcance para colocar o Vasco no lugar que merece. Vamos vender caro cada resultado, como tem sido desde o ano passado - declarou o camisa 10 cruzmaltino.

Acreditando numa boa participação, o Vasco da Gama estreia no Campeonato Brasileiro neste domingo (15/04), às 16 horas, no Estádio de São Januário. O primeiro adversário cruzmaltino será o Atlético Mineiro, que possui em seu elenco nomes como Victor, Elias, Otero, Cazares e Ricardo Oliveira. Em 2017, pela mesma competição, o Almirante mediu forças duas vezes com o Galo e conquistou bons resultados. Em Belo Horizonte, triunfo por 2 a 1, com dois gols de Paulinho. No Rio de Janeiro, o duelo terminou empatado em 1 a 1.

Leia mais sobre: Vasco x Atlético-MG, Evander

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2018 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós