Werley foi ao IML reconhecer primo, vítima de incêndio no CT do Flamengo

Werley foi ao IML para fazer reconhecimento do corpo do primo, Pablo Henrique, morto em incêndio no CT do Flamengo.

O zagueiro Werley, do Vasco, veio ao Instituto Médico Legal (IML) do Rio no início da noite desta sexta-feira para fazer reconhecimento do corpo do primo, Pablo Henrique, uma das dez vítimas do incêndio no Ninho do Urubu. Werley entrou e saiu do local sem falar com a imprensa. O zagueiro mostrava expressão abatida ao deixar o IML, onde ficou por cerca de 40 minutos.

Werley chegou ao local por volta das 18h50m, e foi embora às 19h30m. Médicos do Flamengo também estão no local, para prestar assistência a familiares que venham fazer o reconhecimento dos corpos.

Pablo Henrique Silva Matos, de 14 anos, havia saído de Oliveira (MG) para tentar a carreira de jogador de futebol no Flamengo. Werley, seu primo, que joga no Vasco desde o ano passado, era seu representante legal no Rio e dava assistência ao jovem jogador.

Werley foi reconhecer corpo do primo

Os corpos removidos após o incêndio no Ninho do Urubu chegaram ao IML no início da tarde. Até a chegada de Werley, nenhum familiar das vítimas havia vindo fazer o reconhecimento. Por conta da ação do fogo, a perícia do IML - com coleta de digitais e informações a partir da arcada dentária - é crucial na identificação oficial das vítimas, para que sejam emitidos os atestados de óbito e os corpos sejam liberados para o velório.

Leia mais sobre: Werley

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »