VP de comunicação comenta rebaixamento e diz: ‘O Vasco tem e sempre terá jeito’

O vice-presidente de comunicação do Vasco da Gama, Danillo Bento, disse que a gestão estava ciente do possível rebaixamento.

Avatar
Por Willams Meneses
-  22 de fevereiro de 2021 às 12:55-  Atualizada em 22 de fevereiro de 2021 às 12:55
Danilo Bento, novo VP de comunicação do Vasco

É segunda-feira (22) e a torcida do Vasco da Gama ainda está tentando assimilar o iminente rebaixamento à Série B, o quarto na história do Cruzmaltino.

Com o empate em 0 a 0 com o Corinthians, o Vasco ficou virtualmente rebaixado. Para se salvar na última rodada, o Gigante precisaria de uma derrota do Fortaleza e tirar um saldo de 12 gols contra o Goiás.

O discurso é de tristeza e reconstrução. No Twitter, o vice-presidente de comunicação, Danillo Bento, que chegou junto com a gestão Jorge Salgado, se manifestou sobre o caso.

Ele disse que não para não demorar desculpas ou muletas, destacando que a gestão estava ciente do que poderia encarar, e afirmou que a busca ainda é para regatar o Clube e que a queda aumentará a carga de trabalho.

Danillo Bento ainda pontuou a conquista do Sub-20 na Supercopa do Brasil, indicando que a reconstrução se passa pela garotada. O dirigente concluiu dizendo que o Gigante tem solução.

Veja a publicação na íntegra

É muito difícil falar depois de um dia triste como o de ontem. Aos vascaínos, venho colocar que a luta para recuperar o Vasco CONTINUA. Não esperem muletas ou busca de desculpas. Entramos para resgatar o Clube, sabíamos das dificuldades que teríamos e IREMOS conseguir. (…)

O que aconteceu só aumenta a carga de trabalho. Se a dedicação seria de 12 horas diárias, agora vai ser de 24 horas. Se seria de 24 horas, então o rendimento agora será dobrado. Temos um compromisso firmado com todo vascaíno. (…)

E mesmo em uma tarde trágica como a de ontem, terminamos o dia com a nossa esperança de um bom futuro vencendo mais um campeonato. Se é necessário reconstruir, passa obrigatoriamente pela valorização da nossa base. Forte, como o Vasco tem que ser e como será. (…)

Aos vascaínos que acham que poderíamos ter feito mais, ficam minhas desculpas. Nos dedicamos com tudo nesse pouquíssimo tempo que estamos a frente. Aos que confiam para resgatarmos o Vasco, podem ter a certeza que iremos retribuir. O Vasco tem e sempre terá jeito.

O Vasco terá muitos desafios pela frente e precisa se mover desde agora. Com menor poder de arrecadação com a queda, a diretoria buscará fazer uma equipe que consiga trazer o Gigante novamente à Série A.

Leia Mais Sobre