Confira a análise do Vasco no clássico contra o Flamengo

O Vasco da Gama criou chances de gol, mas pecou nas finalizações e perdeu o título do Campeonato Carioca para o Flamengo.

O Vasco precisava de outra postura para tentar reverter a derrota para o Flamengo por 2 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca. E até que teve, mas perdeu outra vez pelo mesmo placar. Na tarde deste domingo, no Maracanã, o time entrou em campo diferente, apertando a marcação no campo adversário e criando chances de gols. Porém, voltou a pecar nas finalizações e foi punido com a perda do título.

Sabendo da necessidade da vitória por dois ou mais gols, Alberto Valentim deixou o esquema com três volantes, utilizado na partida contra o Santos, pela Copa do Brasil, e colocou uma equipe mais ofensiva contra o Flamengo. Lucas Santos ficou responsável pela armação das jogadas para Yago Pikachu, Yan Sasse e Marrony.

Aclamado pela torcida que sempre pedia uma oportunidade para ele, Lucas Santos até que tentou armar, mas não teve sucesso e foi facilmente desarmado em alguns lances. Mesmo assim, o time se comportou bem no primeiro tempo e teve a primeira chance do jogo com Marrony, que chutou por cima do gol.

O objetivo do Vasco de não levar gols terminou aos 15 minutos, quando Willian Arão subiu entre os zagueiros vascaínos e, de cabeça, abriu o placar no Maracanã. A tarefa que já estava difícil, piorou. O Vasco precisaria de três para levar a decisão ao menos para os pênaltis.

Maxi López entra bem na etapa final

O Vasco voltou para o segundo tempo com Maxi López na vaga de Lucas Santos. Assim, Marrony acabou recuando para deixar o argentino como referência e ele foi bem. Atuou de pivô em algumas oportunidades e finalizou com perigo duas vezes, sendo que uma delas obrigou o goleiro flamenguista a fazer uma grande defesa no reflexo.

Por falar em finalizações, esse foi o grande problema do Vasco na tarde deste domingo. Já no primeiro tempo, a equipe havia perdido duas boas chances para empatar. No fim, acabou fazendo muita falta.

Bruno César e Ribamar ainda entraram no jogo para tentar algo a mais. Porém, a defesa do Flamengo não deixou que o Vasco chegasse. A última grande chance aconteceu em uma cobrança de falta de Danilo Barcelos, que explodiu no travessão. Como teve abrir espaços, o time ainda levou o segundo gol em um contra-ataque.

A perda do título fez com que o técnico Alberto Valentim fosse demitido ainda no vestiário. Fato é que o Vasco precisa de reinventar nesse mês de abril, pois ainda tem a o segundo jogo contra o Santos, pela quarta fase da Copa do Brasil, e o início do Campeonato Brasileiro.

Leia mais sobre: Vasco x Flamengo, Campeonato Carioca

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »